Será lançado nesta segunda-feira (21) o livro "Memórias", de Xuxa Meneghel, com as histórias da vida da apresentadora de televisão. Em mais um trecho que foi divulgado, a apresentadora falou um pouco a respeito do seu relacionamento e envolvimento que teve com o ex-jogador Edson Arantes do Nascimento, o Pelé.

Xuxa relata no livro que no período em que se envolveu com o jogador acabou sendo rejeitada por Pelé no momento em que contou para o mesmo que era virgem.

De acordo com a apresentadora, o fato dela não ter tido ralações sexuais com ninguém na época foi o fator decisivo para o fim do relacionamento entre ela e o jogador, que é 22 anos mais velho que a apresentadora.

Xuxa destacou através de seu livro que, quando contou a Pelé que era virgem, o jogador decidiu não ficar com ela pelo fato de não querer a responsabilidade de ser o primeiro homem com quem a apresentadora teria relações íntimas. A declaração vem em um capítulo do livro dedicado inteiramente a Pelé.

Xuxa abre o jogo em livro

A apresentadora então se separou de Pelé após o acontecimento e a sua primeira vez aconteceu com um rapaz da sua idade. A primeira experiência sexual da apresentadora, de acordo com seu relato, ocorreu dentro de um carro.

No entanto, ela alerta para o fato de que o episódio não foi algo que ela pode considerar como memorável em sua vida. Devido a isso, Xuxa conta que não considera o momento nem mesmo como sendo sua primeira vez por causa disso.

Xuxa conta também que aceitou participar do filme “Amor Estranho Amor”, produzido em 1982 e que acabou sendo alvo de críticas ao longo dos anos, a pedido de Pelé. A apresentadora relata que, por mais que o filme conte com Tarcísio Meira e Vera Fischer, ela odiou fazê-lo e que, para ela, foi uma péssima experiência em sua carreira. Entretanto, acabou aceitando a pedido do namorado na época.

Após seis anos de namoro com Pelé, a apresentadora terminou o relacionamento depois descobrir que havia sido vítima de várias traições do jogador.

Ela conta ainda que tem alguns sentimentos muito contraditórios em relação à época em que namorou Pelé e relata que o jogador, aparentemente, tinha mais de uma personalidade, destacando que, para todo mundo, ele era o Pelé, enquanto que, para ela, era o Dico.

A apresentadora conta que a personalidade Dico jogava buraco com a sua mãe e que às vezes ele falava para ela que o Pelé precisaria sair e que, nestes momentos, que ela acabava sendo traída por ele.

Siga a página Famosos
Seguir
Siga a página Xuxa
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!