A paz na vida de Zeca (Marco Pigossi), em “A Força do Querer”, está prestes a acabar totalmente e ele verá a sua vida virando de cabeça para baixo nos próximos capítulos da trama da Rede Globo.

A situação toda será desencadeada por um surto de ciúmes por parte do caminhoneiro. Isso porque, ao ver Ritinha (Isis Valverde) e Ruy (Fiuk) juntos, ele vai atirar contra os dois no dia do seu casamento. Contudo, a bala vai acabar atingindo um barqueiro.

Após a situação, Zeca será preso pelo tiro no barqueiro e vai ter que vender o seu caminhão para conseguir cobrir o prejuízo que causou ao homem ao se revoltar por ciúmes de Ritinha e Ruy, além é claro de ter que arcar com os custos também para conseguir se livrar do processo que estará passando.

Diante disso, a vida do caminhoneiro vai passar por uma verdadeira reviravolta.

Zeca tem vida virada de cabeça para baixo

O momento todo vai acontecer no dia do casamento de Zeca, quando ele verá a sua noiva Ritinha fugindo junto com Ruy. Para tentar impedir que a situação aconteça, ele vai pegar uma espingarda para atirar contra os dois em meio à fuga da noiva.

Ao atirar contra o casal, que estará fugindo dele, Zeca vai acabar se prejudicando ainda mais do que ele espera, no momento em que o tiro atingir um barqueiro. O homem atingido será levado para o hospital, onde ficará em um estado de saúde grave.

O caminhoneiro, por outro lado, será levado para a delegacia, onde ficará detido pelo crime.

Abel (Tonico Pereira) vai se desesperar ao ver o filho numa cela na prisão.

Ao ser preso, Zeca vai se arrepender do que aconteceu e vai desabafar, falando que só consegue pensar no mal que fez para Seu Laurentinho. O caminhoneiro ainda destacará que, no momento em que tudo aconteceu, parecia que ele não estava nem mesmo em sã consciência.

Ao ouvir o seu filho se lamentando, Abel dirá para ele que no final tudo acabou acontecendo melhor. Ele ainda aconselhará o filho dizendo que, por mais que ele esteja sofrendo devido à desilusão que sofreu, está melhor após a noiva ter ido embora da forma como foi, porque o mal poderia ser maior ainda para ele caso isso não tivesse acontecido da maneira como aconteceu.

O pai do rapaz ainda dirá que um dia ele ainda podia acabar acertando o tiro no alvo certo, já que foi muito fácil para ele perder a cabeça.

Zeca vai desabafar com o pai, dizendo que achou que Ritinha gostava mesmo dele. No entanto, o pai do rapaz novamente vai aconselhá-lo, dizendo que a noiva não gosta de ninguém.

Ele, por fim, ainda vai relembrar que todos riam quando ela se chamava de sereia e vai concordar com a forma como a jovem se porta e o apelido adotado por ela, ao falar da crença de que Ritinha seria filha de um boto.

Siga a página Novelas
Seguir
Siga a página Televisão
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!