O ator Milton Gonçalves, de 86 anos, foi internado na Clínica São Vicente, no Rio de Janeiro, na última segunda-feira (12) . As informações foram divulgadas em primeira mão pela colunista Fábia Oliveira, do jornal O Dia. O ator já havia permanecido por um tempo internado no início de 2020. Na ocasião, o artista ficou internado por cerca de três meses, após ter sofrido um acidente vascular cerebral (AVC).

Procurada pela equipe de reportagem do Diário do Nordeste, a unidade hospitalar São Vicente afirmou não poder passar nenhuma informação sobre o estado clínico do artista sem a devida autorização da família.

AVC

Em fevereiro deste ano, Gonçalves sofreu um AVC e teve que ser internado às pressas no Hospital Samaritano, localizado no Rio de Janeiro. Na época, o ator precisou ser submetido a uma intervenção cirúrgica e, depois disso, permaneceu internado na unidade médica até dia 14 de maio, quando teve alta hospitalar e pôde voltar para casa.

Ator participou do especial de Natal da Globo

Em dezembro do ano passado, Milton Gonçalves atuou no especial de Natal da Rede Globo, que foi protagonizado por uma família negra pela primeira vez na história. Em “Juntos a Magia Acontece”, os telespectadores conheceram a história de uma família que sofre com a morte da matriarca, Neuza, (Zezé Motta), às vésperas do Natal.

Depois disso, o viúvo Orlando (Milton Gonçalves) acaba sofrendo com depressão. Além disso, a morte da mãe também acaba desalinhando a vida dos irmãos Vera (Camila Pitanga) e André (Fabrício Boliveira).

No intuito de ocupar a mente, Orlando vai em busca de um emprego e tenta ganhar a vida como Papai Noel.

Contudo, ele acaba não sendo bem aceito pelos estabelecimentos por causa do seu tom de pele.

Gonçalves deseja um presidente negro

Depois de ter se recuperado do AVC, Milton Gonçalves bateu um papo com o canal “Sem Frescura”, no YouTube, onde falou sobre o racismo. Ao abordar o assunto, o ator afirmou que “a economia não chega no agrupamento de negros”.

Segundo ele, a maioria da população negra do Brasil ainda não tem a possibilidade de estudar ou até mesmo de “fazer uma série de coisas”.

Milton revelou desejar ainda ver um presidente negro comandando o Brasil. Citando isso, o ator diz que vai “ficar feliz” caso isso realmente aconteça, assim como já aconteceu com os EUA. E mais, o artista ainda lembrou que o primeiro presidente negro dos Estados Unidos, Barack Obama, comandou o país por duas jornadas ao lado de sua esposa e suas duas filhas. Milton diz que, na época em que isso aconteceu, “muitas pessoas choraram”, incluindo, “brancos e negros”. Por fim, ele questionou: “que tal se isso acontecesse no Brasil”.

Siga a página Famosos
Seguir
Siga a página Saúde
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!