Nesta quinta-feira (22), o apresentador Sikêra Jr. foi entrevisto por Daniela Albuquerque para o programa “Sensacional”, transmitido na RedeTV!, relembrando momentos difíceis que passou durante o início de sua carreira e desabafando sobre a emoção que sentiu quando, pela primeira vez, ouviu seu nome ser comentado na vinheta da rádio onde trabalhava, revelando uma curiosidade inusitada sobre tal momento.

De acordo com as informações do apresentador, no começo, ninguém agradava do nome "Sikêra", com todos intitulando o apelido como feio. O jornalista começou com seus trabalhos na rádio em Pernambuco, com apenas 14 anos.

Antes de ganhar as telinhas do Brasil, Sikêra passou por momentos complicados em sua vida, lidando com a perda da mãe e de seu cunhado após um triste acidente de carro na véspera do Natal, bem como o falecimento de seu pai pouco tempo depois do ocorrido. Quando jovem, o apresentador acabou perdendo também a casa onde morava, após uma enchente.

Sikêra Jr. pensou em tirar a própria vida

Na época, Sikêra Jr. se encontrava desempregado, pedindo auxílio para as rádios de sua cidade. O apresentador desabafou, afirmando que trocava sua voz para conseguir dormir em um local seguro. Sikêra, em dado momento, diz que pensou até mesmo em tirar a própria vida, jogando-se na frente de um caminhão.

O famoso afirma que sentou na principal avenida de Maceió, pensando na possibilidade de morrer.

No momento, Sikêra pensou que iria arrumar mais problemas para o caminhoneiro, refletindo, também, na hipótese de não morrer e ficar preso em uma cama. O apresentador ressalta que, durante esta época, sua família não acreditava mais em seu potencial, se achando uma pessoa derrotada e que não teria um futuro pela frente.

Sikêra afirma que certos momentos de sua vida ocorreram de um modo um tanto quanto inexplicável. O rapaz afirma que, em dado dia, um apresentador lhe ligou oferecendo uma chance de ser repórter policial. Tal chance foi dada pela TV Alagoas, denominada agora TV Ponta Verde.

Após 20 anos dos momentos mais difíceis de sua vida, Sikêra é visto nos dias de hoje como um grande fenômeno da TV e internet, realizando seus trabalhos no "Alerta Nacional" para todo o país, possuindo 9 milhões de fãs e seguidores em suas redes sociais.

O apresentador diz que não pode pedir mais nada para Jesus, podendo, apenas, agradecer.

Durante a entrevista concedida, Sikêra mostrou as duas tatuagens que fez quando tinha apenas 16 anos. Trata-se do desenho de um golfinho e de uma TV. O profissional conta que tentou encobri-las com um tribal, deixando-as piores, em sua opinião.

Siga a página Famosos
Seguir
Siga a página Televisão
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!