Fernando Colunga voltou a ser assunto em um programa no México, mas desta vez não foi para falar sobre uma nova novela. A atrizs declarou em entrevista ao canal TLNovelas que o ator teria sentido-se incomodado com seu beijo, quando ela fez uma participação em "A Usurpadora".

Segundo ela, a participação especial na novela mexicana foi um momento especial em sua carreira, não apenas pelo fato de contracenar com Fernando Colunga, mas também pela importância da produção, que foi exibida em vários países. No Brasil, a história foi mostrada pelo SBT.

Yadira Carrillo interpretou a personagem Raquel na novela. Ela disse durante a entrevista que sentiu muita vergonha quando soube que iria contracenar com o ator Fernando Colunga e que deveria beijá-lo com muita força.

Ela lembra das palavras do diretor da novela "A Usurpadora" no dia em que foi comunicada sobre sua cena na trama. "Preciso que beije o personagem de Fernando Colunga. Que o abrace de forma dramática e o beije", teria falado o diretor.

Beijo em Fenando Colunga foi desagradável, afirma atriz

Durante a entrevista, Yadira Carrillo definiu o beijo no ator como algo grotesco, brusco e desagradável. A atriz ainda disse suspeitar que a a situação incomodou o protagonista. "Soube disso depois, mas não sei se é verdade", disse ela.

"A Usurpadora" foi gravada em 1998 e foi protagonizada pela atriz Gabriela Spanic e Fernando Colunga, reunindo um grande elenco da Televisa, com nomes como Chantal Andere, Juan Pablo Gamboa, Mario Cimarro e Dominika Paleta. No Brasil, foi uma das maiores audiências do SBT.

Yadira Carrillo comentou que o diretor a orientou a fazer uma personagem forte."Era uma mulher louca, de sentimentos ruins que queria a todo custo o personagem de Colunga", recorda ela.

Fernando Colunga sempre quis se ator, diz site

De acordo com o site mexicano Debate, Fernando Colunga trabalhou em várias áreas antes de ingressar na carreira artística, mas ele afirmou em várias entrevistas que seu sonho sempre foi ser ator. Antes de se transformar em um galã das Novelas mexicanas, ele foi dublê do ator Eduado Yáñez na novela "Doce Desafio".

Dois anos depois, começou a estudar interpretação em um curso da Televisa e passou a aparecer em vários programas do grupo. Mais tarde atuou em novelas importantes como "Cinzas e Diamantes" e "Maria Mercedes".

Entre seus personagens mais importantes, estão Carlos Daniel Bracho (A Usurpadora), Eduardo Juarez Cruz/Franco Santoro Ibarra (Amanhã é para Sempre), Manuel Fontes (Amor Real), José Armando (Esmeralda), Luis Fernando de la Vega (Maria do Bairro), Adrían Rosales (Marimar) e Eládio Gomez (Paixão e Poder), além de vários outros.

Siga a página Novelas
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!