Na madrugada desta segunda-feira (16) morreu a mãe da dançarina e modelo Adriana Bombom, por complicações do novo coronavírus. Ernestina, de 75 anos, estava internada em um hospital no Rio de Janeiro, onde lutava a cerca de 20 dias contra a doença.

Ernestina era hipertensa e diabética e chegou a sofrer um AVC (Acidente vascular cerebral) enquanto lutava contra a Covid-19 no hospital.

Adriana Bombom, que atualmente segue isolada em casa devido à contaminação do marido, Adrien Cunha, pelo coronavírus, chegou a lamentar por diversas vezes que não podia visitar a matriarca na unidade hospitalar. Diante disso, Ernestina acabou morrendo sem se despedir da filha.

Bombom faz homenagem para a mãe

Após a morte de Ernestina, Adriana Bombom usou sua rede social para prestar sua última homenagem à matriarca. Para começar a publicação, a dançarina disse que Ernestina “foi uma mulher de muita fibra, fé e honestidade”. Além disso, a modelo também afirmou que mesmo diante de muitas dificuldades, sua mãe sempre lhe deu tudo que podia para que ela tivesse uma vida digna.

Bombom também disse ter tido sorte de ter vivido muitos momentos bons ao lado da matriarca nos últimos tempos. Contudo, a dançarina ressalta que agora sua mãe partiu e diz que isso aconteceu muito antes do que ela esperava. No entanto, ela diz ainda que a missão de Ernestina neste mundo ainda não chegou ao fim, afirmando ter certeza de que quem conheceu sua mãe pode absorver ao menos um pouco dos exemplos, dedicação e amor que ela sempre transmitiu.

Para dar fim a sua publicação, a dançarina desejou que sua matriarca vá aos braços de Deus em paz. “Te amo e sempre amarei”, finalizou.

Sogra do ex-presidente Lula morre de Covid-19

Em meio a pandemia, muitos brasileiros têm chorado a morte de familiares. No dia 28 de outubro, a mãe de Rosangela Silva, mais conhecida como Sanja, esposa do ex-presidente Lula, morreu vítima do novo coronavírus em São Bernardo do Campo, em São Paulo.

Vani Terezinha Ferreira morava com o genro e a filha no município aonde seguia sob os cuidados do casal.

De início, Vani foi internada com infecção urinaria e, por isso, chegou até a receber alta hospitalar. Contudo, dias depois ela teve que voltar a ser internada, desta vez, por complicações pulmonares. Depois disso, foi diagnosticado que ela havia contraído o novo coronavírus.

A mãe de Rosangela chegou até a ser intubada e permaneceu por algum tempo na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do Hospital das Clínicas da cidade, pelo SUS. De acordo com informações passadas por pessoas próximas à família, Terezinha morreu por complicações posteriores. A causa da morte não foi divulgada.

Siga a página Coronavirus
Seguir
Siga a página Famosos
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!