O advogado Diego Barcellos, morador de Volta Redonda, era fã de Ludmilla desde que a funkeira se apresentava como MC Beyoncé, no começo de sua carreira. Contudo, isso mudou e a admiração que Barcellos tinha pela cantora acabou depois que a equipe artística de Lud promoveu um encontro em um parque de diversão há cerca de uma semana. Durante o encontro, que ocorreu na Barra da Tijuca, na zona oeste do Rio de Janeiro, o advogado alega ter sido maltratado e humilhado pela equipe da funkeira. As informações são da coluna de Fábia Oliveira, do jornal O Dia.

Barcellos participou de um concurso, onde os vencedores ganhariam o direito de passar um dia com Ludmilla em um parque de diversões. Seriam os vencedores do concurso as 40 pessoas que dessem mais plays no hit “Rainha das Favelas”, recém-lançado por Lud, nas plataformas digitais. Segundo Diego, ele fez 1.500 plays e, por isso, acabou sendo um dos vencedores.

Ele conta que teve suas passagens de ônibus e uma noite de hospedagem em hotel pagas, além de também ter sido submetido ao teste rápido da Covid-19. Barcellos diz ter chegado à rodoviária por volta das 10h, mesmo assim, ele conta que teve que esperar juntos aos demais vencedores até às 14h quando um transporte chegou e os levou até o parque.

Diego conta que eles acabaram chegando ao parque às 15h e, no local, diz que até tinham pipoca, água, refrigerantes e cachorros-quentes disponíveis, contudo, o consumo de tais produtos só estariam liberados após a chegada da funkeira. Diante disso, o rapaz de 30 anos afirma que “tudo já começou bem errado”.

Ludmilla chega ao parque

Por volta das 18h, cerca de 30 minutos depois da chegada de uma equipe de televisão, Diego conta que Lud chegou ao local. Depois disso, o advogado caracterizou o encontro como “decepcionante”, afirmando que a cantora só se mostrava simpática e interagia com os fãs enquanto as câmeras estavam ligadas.

Diego tem atrito com Lud durante o encontro

Para piorar ainda mais a situação, Diego conta que acabou tendo um atrito com a própria artista ao final do encontro. Segundo o advogado, os celulares de todos os fãs da cantora foram confiscados após eles adentarem ao parque, contudo, por volta das 20h, quando todos já estavam indo embora e os aparelhos foram devolvidos, ele conta que viu a funkeira ao lado da mãe, Silvana. Neste momento, ele conta ter se aproximado e pedido uma selfie com sua até então ídola, mas como resposta acabou recebendo um não. Segundo Lud, se ela tirasse foto com Diego, ela teria que fazer o mesmo com seus outros fãs presentes no encontro.

Diante da recusa de Ludmilla, Diego conta que tentou fazer um registro com a cantora ao fundo, no entanto, ela acabou percebendo o ato e mandou um de seus seguranças o abordarem.

De acordo com o jovem, o segurança chegou nele de forma “bem agressiva”. “Foi uma cena muito chata”, destacou Diego.

Siga a página Famosos
Seguir
Siga a página Música
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!