Aparentemente, a estada de Karol Conká no "BBB21" não teve fim com a sua eliminação da casa mais vigiada do Brasil, tanto é que a sister continua sendo assunto dentro e fora da casa mesmo que nessa semana vá completar uma semana que ela foi eliminada com a maior rejeição da história do "Big Brother Brasil".

Polêmicas de Karol Conká no 'BBB21'

A cantora, que entrou na casa como uma das favoritas e com o apoio de inúmeros Famosos, acabou perdendo favoritismo quando ela foi acusada de xenofobia ao dizer que seria mais "educadinha" que Juliette por ser de Curitiba e no momento em que ela impediu que Lucas se sentasse a mesa para comer com os demais, o que inúmeros internautas consideraram tortura psicológica.

A imagem da sister acabou ficando mal vista sob o olho de inúmeros telespectadores e a rapper acabou perdendo milhares de seguidores desde que entrou na casa, enquanto anônimos como Juliette, Gilberto e Sarah batiam altíssimos números em relação as suas redes sociais.

Produção cinematográfica visa retirar a fama de 'vilã' do 'BBB21'

No entanto, a estada da sister, que foi considerada por muitos a "vilã'" da edição ao lado de Nego Di e Projota, continua dando o que falar e parece que continuará a ser assim durante um bom tempo. De acordo com informações divulgadas pelo colunista Chico Barney, do UOL, diversas pessoas da Globo teriam afirmado para o jornalista que já há uma equipe especial da Globo produzindo um documentário sobre a cantora.

Ainda de acordo com informações do jornalista, a equipe já teria sido deslocada há algum tempo e estaria cobrindo todos os passos da cantora desde o momento em que ela deixou a casa mais vigiada do Brasil do "BBB21", na última terça-feira (23).

Produção acompanhará a 'queda' da cantora no 'BBB21'

Além de tentar melhorar a imagem da cantora diante dos olhos do público, a emissora ainda estaria tentando também supostamente se beneficiar da repercussão que a participação da rapper teve no programa, sendo uma forma de "surfar"" no grande assunto que o ano de 2021 teve até esse momento.

Segundo informações de bastidores obtidas pelo UOL, os produtores do documentário que estaria sendo produzido pela Globo estaria tendo acesso à família completa da cantora para aumentar a profundidade da produção e eles estariam tendo livre acesso inclusive a mãe da cantora e ao filho dela de 15 anos.

A ideia central da produção cinematográfica seria narrar a ascensão e a queda de uma "estrela", tendo ainda um forte incentivo da emissora para que ela retomasse a carreira, com participações em produções e programas grandes, como o "Domingão do Faustão" e o "Fantástico".

Siga a página Famosos
Seguir
Siga a página Televisão
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!