O jornalista André Piunti entrevistou o cantor Sorocaba, que faz dupla com Fernando. A entrevista foi reproduzida na íntegra no canal do YouTube do jornalista. Durante a entrevista, o cantor rasgou elogios ao cantor Luan Santana e falou sobre a importância dele no cenário da música sertaneja. Para Sorocaba, Luan foi um divisor de águas na carreira dele e para todos os cantores sertanejos.

Sorocaba falou sobre o sucesso de Luan, que obteve destaque ao decidir embarcar no ramo da Música sozinho, ao invés de em dupla, como a maioria dos cantores do segmento.

Sorocaba ressaltou que se apresentar solo era um risco que o artista correria.

Sorocaba rasga elogios a Luan Santana

O cantor ainda pontuou que os maiores nomes do segmento, como Cristiano Araújo e Gusttavo Lima, só existem como grandes artistas solos porque Luan Santana foi precursor deles. Como exemplo, ele citou o cantor Michel Teló, que, segundo ele, quando saiu do Tradição levou uma influência de Luan. Sorocaba disse que Teló já deixou isso claro em entrevista. Além disso, o sertanejo citou que Cristiano Araújo, que faleceu em acidente de carro em 2015, já falou que virou solo por causa da influência positiva de Luan Santana.

O parceiro de Fernando afirmou que Luan abriu um leque de oportunidades para demais cantores e ressaltou que talvez nem Luan saiba o quanto é importante para o universo sertanejo e o quanto ele “criou esse ecossistema como um todo”.

Sorocaba fala sobre início de carreira

O cantor afirmou que todos ao redor de seu convívio não imaginavam que ele poderia ter sucesso na música. Ele disse que ninguém nunca atrapalhou seus sonhos, mas ficaram surpresos ao vê-lo fazendo sucesso, pois não acreditavam que isso poderia acontecer. O cantor falou sobre o quanto gostava de natureza e ficar no campo e ressaltou que este cenário contribuiu para que despertasse o interesse pela música.

Ele também citou a influência positiva que seu avô teve em sua vida artística.

O parceiro de Fernando falou que começou a compor apenas por brincadeira. Ele escrevia musicas para “tirar sarros dos peões”, criava paródias, e a partir disso percebeu seu talento para a música.

Sorocaba falou sobre a repercussão que teve na carreira quando as canções que ele compôs estouraram nas rádios.

Ele também rasgou elogios a Bruno Caliman, a que ele definiu como o melhor compositor do Brasil. O cantor elogiou a personalidade de Bruno, seu talento e contribuição para a música brasileira. Sorocaba disse que a música sertaneja deve agradecer pelo trabalho de Caliman por enriquecer o segmento.

Siga a página Música
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!