Durante as últimas semanas, um caso estranho foi relatado no Facebook e logo chamou a atenção dos internautas. Uma foto mostrava um suposto alienígena, de corpo humanoide mas com algumas deformações, que teria sido capturado no Brasil e estaria sendo estudado por cientistas da Universidade de Campinas (Unicamp), em São Paulo.

A foto surgiu na última semana de abril e logo se transformou num #Viral - milhares de compartilhamentos de pessoas curiosas e abismadas com o fato foram responsáveis por espalhar a informação que chegou até o Twitter e o aplicativo de mensagens WhatsApp. O registro do corpo que foi chamado de ET da Unicamp mostra-o deitado numa maca para necrópsia, preparado para ser estudado.

Publicidade
Publicidade

O assunto continuou bombando no início dessa semana nas redes sociais, principalmente após a Rede Globo exibir uma reportagem especial no Fantástico sobre antigas conversas capturadas e registradas por diversas bases aéreas pelo Brasil de pilotos e tripulantes da aeronáutica e empresas de aviação onde citavam aparições de objetos estranhos no céu, os chamados OVNIs (objetos não identificados).

A reportagem mexeu com os brasileiros, já que é a primeira vez que esse tipo de registro é revelado para a população, levando-as a acreditar que de fato os alienígenas podem existir e que o #Governo pode esconder algo mais sobre assunto, assim como fez com tais gravações, que só agora foram reveladas. Ainda sobre isso, a candidata a presidência dos Estados Unidos, Hillary Clinton, prometeu que se vencesse a disputa eleitoral, revelaria para os norte-americanos os segredos obscuros sobre os alienígenas, praticamente confirmados que há registros de sua existência sob posse do governo estadunidense.

Publicidade

Embora a foto do "ET da Unicamp" tenha se tornado um viral, o site E-Farsas, especializado em revelar farsas da #Internet, publicou uma análise da fotografia e provou que o ET não é de verdade e nem está na Unicamp.

A foto que enganou os internautas brasileiros nas redes sociais trata-se de um personagem da nova temporada da série "Arquivo X", que chegou ao Brasil em janeiro na TV paga. O site Make-Up Artist Magazine, que traz conteúdo sobre efeitos especiais e maquiagem para ficção, também já havia publicado as fotos onde analisa os efeitos visuais do extraterrestre na pré e pós-produção do seriado.

Se você compartilhou a foto do extraterrestre e acreditou que ele realmente estava no Brasil, pode ficar tranquilo, pois ele não é de verdade.