Publicidade
As notícias do momento

Após a morte de criança de 2 anos, Ministério Público denuncia padrasto em Mato Grosso

De acordo com a promotoria, rapaz agiu de forma cruel ao se aproveitar das relações domésticas mantidas com a vítima.
Após uma audiência de custódia realizada pelo Ministério Público do Estado de Mato Grosso (MPMT) ficou resolvido que o jovem Igor Campos Almeida, de 18 anos, suspeito de matar por espancamento seu enteado Junior Ribeiro Ferreira, de apenas 2 anos, seguirá preso na cidade de Juína. O jovem foi denunciado por homicídio qualificado, e na visão do promotor do caso, Danilo Preti Vieira, o menino teria sido morto de uma forma cruel após ter sido chutado na cabeça. Conforme a denúncia do promotor, o rapaz se aproveitou das relações domésticas para agredir e matar a criança, e que em uma oportunidade desferiu um chute na cabeça da vítima, causando um traumatismo craniano que culminou na morte dela. O crime que ocorreu no dia 17 de novembro no município de Juína, em Mato Grosso, chocou a população da região. Na ocasião, após o espancamento do menino, a mãe da criança o teria levado já em estado grave para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade, onde...
Publicidade