Publicidade
As notícias do momento

Caso Daniel: Juninho admitiu tapas em Cris antes do crime, segundo testemunha

Uma testemunha importante no caso da morte do jogador Daniel afirma que Edison Brittes teria batido na mulher antes do crime.
O caso da morte do jogador Daniel está prestes a se encerrar em sua fase de investigações e oitivas e passar para uma nova fase. O processo, assim que foi encerrado pelo delegado, será encaminhado à promotoria, que é responsável por abrir a ação judicial contra os indiciados. O delegado do caso, Amadeu Trevisan, já inclusive antecipou que indiciará o casal Edison e Cristiana Brittes, além da filha Allana, por homicídio qualificado e coação de testemunhas. As testemunhas ouvidas foram ponto-chave no caso e a cada novo depoimento uma nova informação surge. Desta vez, uma amiga de Allana, que estava na casa da família Brittes na manhã do crime, revelou que Edison Brittes Júnior, o Juninho Riqueza, admitiu ter dado uns tapas na própria esposa. Testemunha deu seu depoimento A jovem revelou que não houve em qualquer momento acusação de Cristiana contra Daniel, sobre um suposto abuso, estupro ou algo que o valha. Quando Edison estava batendo na vítima, o que ela diz...
Publicidade