O bom momento nas relações políticas entre Estados Unidos e Cuba parece apresentar seus primeiros frutos no campo da cultura. Isso porque, a banda de rock norte-americana Red Hot Chili Peppers pode anunciar nos próximos meses um show na cidade de Havana.

Segundo o atual guitarrista do grupo, Josh Klinghoffer, em entrevista a um jornal da capital cubana, onde recentemente esteve para participar como convidado do show do rapper Quest Love, a possibilidade do RHCP se apresentar na ilha de Fidel Castro se tornou mais viável após uma conversa com a empresaria de Quest Love, que estaria à frente das negociações.

Ainda segundo o guitarrista, a vontade do grupo de se apresentar em Havana é enorme e antiga, desde o começo da carreira da banda, em meados da década de 80.

Publicidade
Publicidade

O rompimento das relações políticas e diplomáticas entre Estados Unidos e Cuba foi uma barreira rígida durante mais de 50 anos, dificultando, ou quase impossibilitando, a transitividade cultural entre os dois países durante este período.

Agora, com o restabelecimento das relações, decretado pelo presidente norte-americano Barack Obama e pelo presidente cubano Raul Castro, torna-se possível à retomada do intercâmbio cultural entre estadunidenses e cubanos, bastante rico nas décadas de 40 e 50, e que pode ser reinaugurada com o show do Red Hot Chili Peppers. De acordo com a empresaria de Quest Love, que não quis adiantar maiores informações para não atrapalhar a negociação, a possibilidade do show é tão grande que ele já pode acontecer em 2015.

Caso ocorra, a apresentação dos Chili Peppers em Havana será um marco histórico, não apenas no campo da cultura, mais também da política e da economia entre os dois países, selando, de forma apoteótica, a reaproximação.

Publicidade

"Este é um grande momento. Temos que aproveitar. É um sonho para a banda e um grande acontecimento para os dois países", afirmou Josh Klinghoffer ao jornal cubano.

Se conseguir tocar em Havana, o Red Hot Chili Peppers vai repetir o feito da já extinta banda Audioslave (formada por membros do Rage Agasting the Machine com o vocalista do Soundgarden, Chris Cornell), que em 2005 se tornou a primeira banda de rock norte-americana a se apresentar na capital cubana. O show gerou um DVD lançado no mesmo ano.

No entanto, a apresentação do Audioslave se tornou um fato isolado, não restabelecendo a transitividade cultural entre os dois países, como se esperava na época. Resta agora ao RHCP, tentar romper definitivamente com as barreiras culturais entre os "sobrinhos" do Tio Sam e os eternos companheiros de Guevara. #História #Música