Já pensou em morar na Rússia? O país é muito procurado por estudantes que querem fazer pós-graduação, por oferecerem cursos diversos instituições renomadas. Porém, agora também pode se tornar uma ótima oportunidade para quem quer morar e trabalhar fora do Brasil. Isso, graças a um decreto do Ministério do Trabalho da Rússia que entrou em vigor no dia 7 de agosto.

Através dele, uma lista de profissões e de especialistas que fazem falta no país foi lançada. Quem tiver a qualificação que o país precisa terá direito a pedir a cidadania russa de maneira simples e bem rápida.  

A maioria das especialidades é nas áreas de engenharia, cargos de gestão e medicina, mas ao todo são 74 profissões.

Publicidade
Publicidade

Há pessoas formadas nas áreas de curso superior, mas pouco qualificadas para o que o país precisa e, por isso, quem tiver a especialização e interesse em se mudar para a Rússia terá mais facilidade. 

Embora várias delas exijam formação superior, o país precisa muito de os formados em ensino profissionalizante e operários especializados. Isso acontece porque lá, 83% das pessoas saem do ensino médio direto para a faculdade, o que faz com que haja pouco mão de obra para serviços operacionais.

Mudança no sistema de visto

Para conseguir a cidadania no país, é necessário morar pelo menos um ano lá, antes de conseguir um visto permanente que possibilita a cidadania. Com a mudança, profissionais que se encaixem em uma das 74 profissões não precisarão esperar um ano.

Tudo ficou mais fácil e rapidamente o pedido de visto permanente pode ser feito.

Publicidade

É importante salientar que a lista que consta no decreto pode ser alterada de acordo com as necessidades do país. Assim, profissionais que se encaixam nela e têm disponibilidade de começar uma nova vida na Rússia, devem se programar para obter o visto o quanto antes.

Dentre as áreas que precisam de profissionais estão: mecânico de máquinas da construção civil, soldadores, médicos, terapeuta, eletricista, técnico de perfuração e poços, técnicos de laboratório, parteira, técnico em produção industrial, enfermeira, diretor de política econômica, técnico em radiologia, farmacêutico, veterinários, torneiro mecânico, matemático, engenheiro de projetos, médico, entre outras. A lista completa pode ser vista aqui, em russo.

Já na Alemanha a oportunidade á para quem quer se tornar um Mestre Cervejeiro. Saiba mais aqui.  #Viagem