O Big Brother Brasil é um reality show que teve seu formato comprado pela Rede Globo de Televisão e a 1ª edição realizada no Brasil no ano de 2002. Desde então, o BBB, como ficou conhecido do público, é o programa de reality show de maior sucesso da história da TV brasileira, tanto de audiência como de patrocínio.

A 1ª edição do programa foi a que teve o maior índice de audiência na estreia, 49 pontos. A decisão que consagrou Bambam, e sua inseparável boneca, Maria Eugênia, como campeão do BBB1 alcançou a maior audiência de todas as edições do programa, 59 pontos. A média da edição foi de 40 pontos.

A pior edição no quesito média foi a do ano passado, que teve apenas 22 pontos. O programa final também teve o pior índice da história do programa com 23 pontos. O insucesso do BBB14 fez com que crescesse especulações a respeito da defasagem do formato e o fim do programa, porém, não foi o que aconteceu.

A edição do BBB15, última realizada até o momento, não teve números tão melhores do que a do ano anterior. Foram 25 pontos na estreia, 27 no episódio final e apenas 25 de média. Os números de telespectadores ligados na casa mais vigiada do Brasil vêm diminuindo nos últimos anos. A última edição que conseguiu marcar mais de 30 pontos de média foi o BBB 10, que teve 31. Nem o programa final vem conseguindo ganhar a atenção do público nos últimos anos. Nas últimas cinco edições, o máximo que a decisão do vencedor conseguiu alcançar foi 30 pontos no BBB11.

Jogo

O objetivo do programa é confinar um número x de participantes durante alguns meses e os deixarem alheios aos acontecimentos fora da casa do BBB. Durante esse período, são realizadas diversas provas entre os participantes para decidir que posição eles irão ocupar na casa. Normalmente, uma pessoa sai da casa após perder uma votação popular no que ficou conhecido como paredão.

O paredão nada mais é do que a disputada entre participantes que são indicados por votação da casa e do líder (aquele que ganhar uma prova específica). Os integrantes vão para uma disputa em que os telespectadores tem que votar (internet, sms ou ligação) para decidir quem vai permanecer na disputa.