Publicidade
Publicidade

Uma companhia da cidade de Wisconsin, nos EUA, está se preparando para se tornar a primeira empresa norte-americana a dar aos funcionários a oportunidade de ter microchips implantados em suas mãos.

'Three Square Market' é um programador de software utilizado em máquinas automáticas de vendas e pagará para ter seus trabalhadores com #CHIPS implantados em uma das mãos, esquerda ou direita, conforme queiram.

Até o momento, cerca de 50 funcionários se ofereceram para serem os pioneiros no recebimento da injeção de microplaquetas a partir de agosto. Esses pequenos dispositivos serão colocados nas mãos dos operários e serão usados para que estes possam comprar coisas na ala de refeições da companhia, bem como acessem computadores e possam abrir portas, pelo menos de início.

Publicidade

O futuro é agora

O chip tem o tamanho de um grão de arroz e será alojado entre o polegar e o dedo indicador nestes 50 primeiros funcionários. A companhia pagará 300 dólares por cada serviço.

O desenvolvedor da ferramenta disse que de forma eventual e futura, essa #Tecnologia estará padronizada e permitirá que as pessoas a usem como passaporte, cartão de transporte público ou ainda para realizar compras, dentre outros serviços. Para outro executivo da empresa, a tecnologia será em breve implantada em mercados, opções de auto-atendimento como bancos e até academias de ginástica.

Segundo a empresa, os chips não incluirão localização por GPS, e portanto não será utilizado para rastrear os funcionários.

Uma empresa Sueca, no início deste ano, também chegou a anunciar que estava oferecendo aos seus operários implantes de microchips que funcionavam como cartões de identificação.

Publicidade

Escatologia

Para muitos cristãos, no entanto, o tema têm expressado muitas preocupações, porque ligam este fato a um presságio da chamada "marca da Besta", descrito no livro bíblico do Apocalipse.

A passagem em questão, usada por muitos para fazer essa relação entre o chip e a marca, se encontra em Apocalipse 13:16-17 (NVI), que diz que forçadamente, todas as pessoas, sejam elas grandes ou pequenas, ricas ou pobres, livres ou escravas, receberão uma marca (da besta) na mão direita ou na testa, para que pudessem comprar ou vender.

Ainda que hajam inúmeras e fortes especulações com relação ao implante do chip ser um presságio da "marca da besta" que é descrita no livro do Apocalipse, devido ao apocalipse ser um livro confuso até mesmo para grandes estudiosos das escrituras, por seus mitos, enigmas e metáforas, segundo Jonas Madureira, teólogo e mestre em filosofia, a Bíblia não é suficientemente clara para sustentar esta teoria.

Anteriormente, líderes cristãos chegaram a desmentir a ligação do chip com a marca 666 (da Besta). #Curiosidades