#Terremoto: A Falha de San Andreas (San Andreas), filme de ficção científica/ação que estreou no Brasil nessa última semana de maio e tem como personagem principal Dwayne "The Rock" Johnson (43 anos), é criticado por uma especialista em desastres naturais que assistiu a prèmiere do filme no teatro chinês em Hollywood. Via Twitter, Lucy Jones comentou em tempo real os erros absurdos, de um ponto de vista científico, presentes no filme. Jones é sismóloga no U.S. Geological Survey e atua como conselheira de Eric Garcetti, prefeito de Los Angeles, em seu plano para reforçar a infraestrutura contra terremotos.

O filme é sobre um terremoto de 9 graus na escala Richter que atinge o estado norte-americano da Califórnia, especificamente a falha de San Andreas.

Publicidade
Publicidade

A magnitude 9,0 é considerada excepcional e devasta zonas num raio de milhares de quilômetros. Jones protestou quando viu a primeira falha do filme: uma zona de subducção − o processo de afundamento de uma placa sob outra − existente na Califórnia.

Jones, via Twitter, criticou o fato do protagonista sair ileso em uma das cenas. "Primeiro aviso. Se o terremoto for forte o suficiente para destruir uma represa, você não seria capaz de fugir". A especialista também criticou as falhas quando um tsunami devasta a costa do Pacífico: "Reconheço que gosto de como o tsunami é formado. Mas o do filme San Andreas é impossível. Estamos agora no território fantástico". Jones, no entanto, também destacou alguns aspectos positivos do filme dirigido por Brad Peyton. "Gosto como os tremores golpeiam com força.

Publicidade

Essa é a realidade dos grandes terremotos".

Para desenvolver o roteiro, Peyton pediu a ajuda de especialistas, como o professor e sismólogo Thomas H. Jordan e outros especialistas em desastres naturais. Depois de ver o filme, Jordan manifestou seu espanto: "Eu dava conselhos e muitos deles não eram seguidos. Um terremoto de magnitude 9 é muito grande para a falha de San Andreas e não seria capaz de causar um tsunami com as dimensões que o filme mostra".

O filme narra, especificamente, como os tremores em uma falha desconhecida destroem a represa Hoover em Las Vegas (Nevada) e provoca tremendo choque na falha de San Andreas até gerar um brutal terremoto de magnitude 9, causando o caos em toda a Califórnia. No meio de todo o desastre natural, um piloto de helicóptero de resgate (Dwayne Johnson) e sua ex-mulher (Carla Gugino) vão de Los Angeles até São Francisco para salvar a filha (Alexandra Daddario), perdida na cidade devastada. #Entretenimento #Cinema