Os dois principais Tipos de Detergente são o líquido e o em pó, eles têm a mesma função e agem da mesma maneira, atraindo as partículas de sujeira e retirando-as do local a ser higienizado. A sua composição básica também é muito semelhante, são formados por moléculas, com cadeia polar e apolar, as chamadas partículas anfipáticas (solúveis em meio aquoso).

Limpeza

Isso define a ação dos detergentes no processo de limpeza, a parte apolar age na gordura, já a polar interage com a água. Dessa maneira se produz espuma, cuja função é exatamente impedir que os resíduos voltem a se aderir ao objeto, fazendo com que a sujeira seja removida definitivamente.

Particularidades

A diferença entre os dois tipos de detergente está na solubilidade, o em pó precisa ser diluído para que possa agir com maior eficácia e também escoar facilmente, sem que haja acumulação, o que facilita a sua decomposição. O detergente líquido possui conservante, para que não haja alterações em sua forma, textura e odor, no entanto, tais substâncias são mais prejudiciais ao Meio Ambiente.

Utilização

Versáteis, além de serem usados na limpeza de superfícies e objetos de diversos materiais (madeira, plástico, alumínio, etc.), tanto o detergente em pó, quanto líquido são aplicados também na lavagem de tecidos.

O detergente líquido vem sendo adotado para a higienização de roupas nos últimos anos, no entanto, o tradicional, em pó, ainda é maioria nas escolhas dos consumidores.

Isso se justifica pelo bom desempenho em eliminação de manchas difíceis, principalmente em peças brancas, e pelo preço mais acessível.

Quando se trata de peças coloridas, o uso do sabão em pó já não agrada tanto, pois ele tira a vivacidade das cores e pode causar manchas. Uma boa saída é lavar vestuários claros com detergente em pó e coloridos e escuros com o líquido.

Atualmente, tanto os detergentes líquidos, quanto os em pó têm fórmulas muito bem elaboradas, o que garante resultados satisfatórios em sua utilização. Mas tudo depende de como e em que são aplicados, detergentes líquidos são mais indicados para partículas gordurosas e os em pó, para manchas comuns.

Sustentabilidade

Com o crescente quadro de degradação ambiental, a preocupação dos fabricantes de detergentes agora não é somente com o seu desempenho, mas também com a sustentabilidade. Já é possível encontrar versões que não afetam tanto os ecossistemas [VIDEO], elas utilizam substâncias de clareamento e tensioativos menos agressivos.

Nesse sentido, os dois tipos de detergente apresentam vantagens e desvantagens, veja algumas abaixo.

Detergente em pó

Prós:

  • Não utiliza conservante
  • Geralmente embalado em material reciclável
  • Maior ação de branqueamento
  • Bom desempenho
  • Maior quantidade de espuma
  • Preço mais acessível
  • Menor agressão ao meio ambiente

Contras:

  • Necessita de diluição
  • Ocasionalmente deixa resíduo
  • Pode petrificar-se quando armazenado em ambiente úmido
  • Maior quantidade de produtos químicos na composição

Detergente líquido

Prós:

  • Pode ser aplicado diretamente em manchas
  • Afeta menos as cores
  • Deixa menos resíduo
  • Menos química na composição
  • Não necessita de diluição

Contras:

  • Maior risco de desperdício quando colocado na gaveta da lavadora
  • Custo mais elevado
  • Conservantes na composição
  • Mais agressivo ao meio ambiente

Agora que você já conhece as diferenças entre detergente líquido e em pó, já pode escolher, de forma consciente, o que mais atenda às suas necessidades.