Lipase é uma enzima produzida pelo pâncreas. Age nas moléculas lipídicas (de gordura), fragmentando-as e estimulando as suas possíveis reações. Essa enzima atua no organismo humano como transformadora dos lipídios em ácidos graxos, isso se dá pelas interações entre os órgãos e as glândulas do sistema digestivo, como fígado, intestino e duodeno. Assim acontece a quebra da gordura ingerida e o controle de sua absorção dela pelas células do corpo.

Em condições saudáveis, a lipase se encontra no sangue em pequenas quantidades, porém, quando há mau funcionamento do pâncreas, esse volume aumenta para que sejam retomadas as condições favoráveis ao organismo.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal Saúde

O monitoramento do nível de lipase na corrente sanguínea é primordial para o diagnóstico de processos inflamatórios no aparelho digestivo.

Avaliação médica

Ao identificar sintomas como dor abdominal, enjoos e falta de apetite, cabe o pedido da análise pelo médico.

O exame de sangue para acompanhar a quantidade de lipase é feito, geralmente, em conjunto com o de amilase, outra enzima importante, também produzida pelo pâncreas e pelas glândulas salivares, que se destina à fragmentação do açúcar consumido. A produção inadequada dessas Enzimas está diretamente ligada a distúrbios do pâncreas, e pode definir o reconhecimento e o tratamento de várias doenças, como pancreatite, câncer no pâncreas e doença celíaca.

Novos hábitos

Caso o diagnóstico seja positivo para alguma das doenças já mencionadas, um novo estilo de vida precisará ser adotado pelo enfermo com o objetivo de recuperação e estabilidade da Saúde. Nesse sentido, a escolha dos alimentos e bebidas é muito importante. Os ricos em gordura e as bebidas alcoólicas, por exemplo, devem ser abandonados definitivamente, isso fará com que os desconfortos e as dores, resultantes dos distúrbios, não persistam.

Os melhores vídeos do dia

Combinar medicação adequada com alimentação saudável [VIDEO]e atividades físicas moderadas e periódicas, como a caminhada, ajuda a desenvolver melhor o metabolismo, facilita a digestão e traz como resultado o restabelecimento da qualidade de vida do indivíduo.

É sempre bom conhecer alternativas para se atingir o bem estar-pleno. Agora que você já sabe um pouco mais sobre as enzimas e como elas atuam em benefício da saúde, pode manter ou adaptar o seu modo de vida para evitar, prevenir ou curar o seu corpo.

Deixe seu comentário e compartilhe o artigo em suas redes sociais.