Após três dias de buscas, foi encontrado nesta terça-feira (9), por volta das 10h, o corpo do instrutor de surf João Aparecido dos Santos, de 20 anos, que havia desparecido no mar, em Ubatuba, litoral norte de São Paulo, [VIDEO] na tarde do último sábado (6), quando foi arrastado por fortes ondas. Na ocasião, o mar se encontrava bastante agitado.

De acordo com informações passadas pelo Corpo de Bombeiros, um drone auxiliou na localização do corpo. João foi localizado a cerca de 1,5 km do local de onde ele havia desaparecido.

Após a localização, um bote resgatou o corpo do mar e o levou para a Praia do Lázaro. De lá, ele foi encaminhado para o Instituto Médico Legal de Ubatuba, onde a família fará seu reconhecimento. Ele é o terceiro filho de uma família de quatro irmãos.

Surfista teria ignorado sinais de alerta

O jovem havia ido até o litoral norte de São Paulo gravar vídeos para sua página de esportes na internet. Ele praticava bodyboard com alguns amigos por volta das 16h30 quando foi arrastado por uma onda. Na ocasião, o mar se encontrava muito revolto.

Os bombeiros foram acionados e iniciaram os trabalhos de buscas, que só se encerraram nesta terça.

O momento em que João foi arrastado pelas águas foi flagrado pelo o comerciante Julio César que fazia imagens da prática esportiva. Ele contou que o rapaz, mesmo atingido por várias ondas, tentou nadar até a praia, mas foi puxado pela força do mar. "Ele foi mergulhando, mas as ondas puxavam ele para trás. Ele chegou a ficar de pé na areia, mas a onda puxou ele de volta", disse o comerciante.

O jovem teria entrado sozinho no mar e ignorado os alertas de segurança de outros surfistas, que lhe chamaram a atenção sobre as condições perigosas que o mar se encontrava naquele momento.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
Polícia

"Eu mesmo falei para ele umas três vezes para não entrar no mar", seguiu comentando Julio.

De acordo com os familiares, o jovem, que morava em Guarujá, há cerca de três anos atuava como instrutor de surf e aproveitava os momentos de folga para praticar o esporte nas praias de Ubatuba. No final de semana ele também decidiu colher algumas imagens para alimentar sua página nas redes sociais.

Família alimentava esperanças de encontrá-lo vivo

"Ele surfa desde pequeno, já ganhou títulos em competições e ensinava pessoas a fazer isso", disse Matheus Gomes, um dos irmãos de João, na última segunda-feira, ao portal G1.

"Temos esperança de que ele seja encontrado com vida", falou.

Matheus disse ainda que o irmão tinha bom condicionamento físico e que nunca havia sofrido acidente. Ele mantinha a esperança que João tivesse se salvado e conseguido nadar para algum lugar. A família havia ido para Ubatuba, logo após saber do desaparecimento do jovem.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo