Muito conhecido nas redes sociais e com uma base de mais de 700 mil seguidores, morreu no último sábado (23), em Americana, no interior de São Paulo, o maquiador Anderson Corrêa, de 27 anos. Ele estava internado desde o dia 19, no Hospital Municipal Dr. Waldemar Tebaldi, com uma suspeita de pneumonia. Ex-morador de rua, ele vinha fazendo sucesso com seu canal no Facebook onde fazia lives dando dicas de maquiagem.

Nos últimos dias seu quadro se agravou e ele chegou a ficar internado na UTI, onde faleceu em decorrência de uma broncopneumonia associada a infecção na corrente sanguínea e falência de múltiplos órgãos.

A morte foi confirmada por volta das 21h.

A última postagem de Anderson nas redes sociais foi no dia 17, quando ele informava aos seus seguidores que seria internado e pedia orações por ele. “Vou ser internado agora…Para uma cirurgia …Estou muito mal meninas orem por mim”, postou.

Três dias antes ele havia feito outra postagem onde comentava sobre a suspeita de estar com pneumonia.

Mãe usava canal para atualizar fãs

Durante o período de internação, a mãe de Anderson fazia uso da própria rede social do filho para atualizar os seguidores sobre o estado de saúde do maquiador. Mas a cada postagem a informação era que o quadro dele estava piorando, mas ela mantinha esperança na recuperação do filho e pedia para que os seguidores orassem por ele.

“Deus vai trabalhar em cada organismo dele. Deus vai fazer esse rim dele voltar”, dizia a mulher, que destacava que o filho estava sendo bem cuidado. “A humildade do Anderson conquistou o Brasil inteiro. Ele vai voltar com tudo”, dizia a mãe antes de descrever o drama que era ver o filho entubado.

Após a confirmação da morte do maquiador, familiares pediram ajuda para poderem realizar o enterro do maquiador.

O velório de Anderson aconteceu no Cemitério da Saudade, em Americana, e o sepultamento no final da tarde de domingo (24), no Cemitério Parque dos Lírios, em Santa Bárbara d’Oeste, também no interior paulista.

De morador de rua a sucesso na internet

Antes de se tornar um fenômeno nas redes sociais, Anderson, por conta do vício das drogas, chegou a ser morador de rua, situação na qual ficou por sete anos.

E foi revirando os lixos em busca do que comer que ele encontrou o caminho para mudar de vida e descobriu sua vocação.

Em meio os lixos que revirava, ele achava restos de maquiagem e começou a praticar nele mesmo. Em 2017 ele voltou para a casa dos pais, se recuperou do vício em crack após se internar em uma clínica de reabilitação e se tornou maquiador profissional.

O sucesso veio quando ele criou uma página no Facebook para dar dicas a seus seguidores, onde maquiava ele mesmo. As postagens se tornaram muito populares e chegavam a bater nove milhões de visualizações.

Siga a página Tendências
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!