Neste último domingo (8), um bebê de pais chilenos nasceu dentro de um avião que estava sobrevoando o Brasil. A criança nasceu no momento em que o avião estava passando pelo Rio Grande do Sul.

A aeronave saía do Rio de Janeiro e ia para Santiago no Chile. Diante do nascimento da criança, o voo precisou fazer um pouso de emergência em Porto Alegre para que a criança e a mãe pudessem receber atendimento. Logo depois do parto, aconteceu o pouso, e a mãe e o bebê foram levados a um hospital na capital gaúcha para os primeiros cuidados.

Gravidez de 8 meses e filho 'gaúcho aéreo'

A mulher, que estava com 8 meses de gestação, passava férias com a família no Brasil. Ao sair do Chile, ela contava com atestado médico que indicava que ela poderia viajar de avião para outro país.

Logo quando chegaram a Porto Alegre, após o pouso de emergência, a mãe e a criança receberam o atendimento médico necessário, e depois saíram da aeronave para serem levadas para um hospital onde receberiam os devidos cuidados.

No momento, elas passam bem. Após sair do Rio de Janeiro, o avião fez uma escala na cidade de São Paulo.

No entanto, precisou fazer a nova parada em Porto Alegre, onde a mãe e a criança foram levadas por uma ambulância a um hospital da cidade. Logo depois, o voo continuou com os outros passageiros com destino ao Chile.

O pai do bebê, Manuel Hernandez, contou à TV Globo como toda a situação aconteceu. Ele relata que a mulher começou a passar mal dentro do avião e que o intervalo das contrações que ela estava sentindo passou a diminuir cada vez mais, até que o intervalo passou a ser de três minutos para as contrações.

Logo quando a mulher começou a passar mal, a equipe de bordo presente começou a procurar por algum profissional da área de saúde a bordo, e conseguiram encontrar uma enfermeira e dois paramédicos para ajudarem no parto da mulher, que teria que ser feito dentro do avião, enquanto os pilotos tentavam realizar o pouso não programado no local mais próximo de onde estavam.

O pai conta que todos que estavam na aeronave se mobilizaram para poder ajudar.

Os passageiros se mostraram preocupados e apoiavam em tudo que fosse necessário para poder ajudar em um momento cheio de emoção e preocupação quanto ao estado de saúde da mulher. Manuel conta que o momento foi cercado de muita preocupação e emoção, e que quando a criança nasceu, todos do voo aplaudiram.

A recém-nascida recebeu o nome de Trinidad e é o terceiro filho do casal. A enfermeira Silvia Ramos, do hospital para onde o bebê e a mãe foram levados após o pouso, informou que a menina nasceu com 3,325 kg e 48 cm.

Siga a página Maternidade
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!