Atualmente, as pessoas não têm encontrado tempo para preparar refeições completas e nutritivas e acabam rendendo-se aos industrializados. É complicado dar conta de estudos, trabalho, filhos e casa quando é preciso aliar uma rotina de Dieta e exercícios ao dia a dia. Para não acabar caindo nas armadilhas dos fast foods e congelados, alguns atletas optam por barras proteicas, shakes e até mesmo pudins à base de ingredientes ricos em proteína.

Além disso, os smoothies também são muito bem vindos na dieta de quem não tem muito tempo durante o dia. Para que o smoothie seja realmente saudável, é preciso conhecer bem os alimentos e mantê-lo bem conservado dentro de uma coqueteleira ou mala térmica. Siga as dicas para preparar o seu próprio smoothie:

1 – Escolha um líquido

Selecione um líquido que encaixe bem à sua dieta e objetivos, por exemplo: iogurtes desnatados, leite desnatado, chás, água de côco ou água mineral.

Escolha um líquido que combine bem com o os outros ingredientes escolhidos.

2 – Adicione proteína

Smoothie ou shake sem proteína não faz sentido algum. Por isso, escolha uma fonte de proteína que combine com o líquido escolhido, mas que também seja parte da sua dieta. É possível adicionar tanto o whey protein com sabor, quanto claras de ovos ou tofu.

3 – Não se esqueça dos vegetais

Tipicamente, vemos os vegetais em sucos detox ou em vitaminas para emagrecimento rápido.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Culinária Dieta

Porém, adicionar vegetais ao smoothie causa um enorme aumento das vitaminas e fibras, melhorando a digestão. Prefira colocar o vegetal mais denso, como a batata doce, com proteínas mais adocicadas como chocolate ou baunilha. Já para as proteínas mais leves e cítricas, prefira vegetais como cenoura e pepino.

4 – Lembre-se das frutas

O que realmente muda e melhora o sabor de um smoothie proteico, sem dúvida, são as frutas.

São ótimas fontes de minerais e nutrientes importantes. Para criar um smoothie mais cremoso, adicione banana ou abacate, rico em lipídios. Para um smoothie menos espesso e refrescante, adicione laranja ou limão.

5 – Oleaginosas são indispensáveis

Adicionar castanhas e nozes ao smoothie é mais do que só garantir gorduras boas: as oleaginosas são ricas em ômega-3, 6 e 9. Além disso, dão aquela ajuda extra ao intestino.

A manteiga de amendoim integral também pode ser uma boa opção para quem prefere praticidade e um sabor mais adocicado.

6 – Faltou açúcar? O mel resolve!

Caso o seu smoothie tenha ficado sem graça ou aguado, adicione mel orgânico à mistura. Isso acontece quando as frutas e verduras não estão muito maduras, o que é normal. Entretanto, tente acostumar o paladar aos alimentos naturais sem adição de açúcar ou sal demais.

Você não vai se arrepender!

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo