A “Síndrome da imunodeficiência adquirida” [VIDEO], comumente chamada de AIDS, é uma doença do sistema imunológico humano causada pelo vírus da imunodeficiência humana, o HIV. Ela começa com Sintomas de uma simples gripe, entretanto, a medida que a doença vai progredindo, o sistema imunológico do ser humano afetado vai enfraquecendo, tornando-o vulnerável a diversos tipos de outras doenças, como o câncer.

É transmitida principalmente por meio de relações sexuais sem o uso de preservativos, ou por meio de transfusões de sangue.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal Saúde

Mesmo com as constantes propagandas e com os inúmeros eventos de apoio e proteção relacionados à AIDS, ainda existem diversas pessoas contaminadas pelo vírus do HIV. Partindo do princípio de que nem todo cuidado é bem-vindo, confira neste texto alguns dos sintomas e fases da AIDS.

Porém, antes de tudo é importante frisar que a doença não possui cura, ou seja, quando descoberta, o tratamento tem de ser feito durante a vida toda. Este tratamento é feito por meio de um coquetel de remédios, que possui a função de fortalecer o sistema imunológico e combater o vírus, reduzindo as chances de uma proliferação em massa.

Em geral, os principais sintomas da Aids que não podem ser ignorados:

  • Febre
  • Mal estar
  • Sintomas de gripe comum
  • Garganta arranhada
  • Formigamento
  • suor durante a noite
  • diarreia

O diagnóstico da AIDS apresenta algumas dificuldades, por isso é recomendado estar ciente de que relações sem preservativos ou compartilhamento de seringas, são os principais atos responsáveis pela transmissão da doença. Se um indivíduo acaba cometendo um desses atos citados a pouco, é importante estar atento ao surgimento de sintomas como febre, diarreia, fortes dores de cabeça e mal estar.

Caso estes sintomas se manifestem, é extremamente recomendado que se realize um exame de sangue o quanto antes, para saber se está com o vírus do HIV no corpo ou não.

Durante o que chamam de “Primeira Fase”, o vírus [VIDEO] entra no organismo e começa a “trabalhar”. O tempo estimado até o surgimento dos primeiros sintomas pode variar de três a seis semanas, contudo, mesmo após esta marca temporal, é possível que o vírus não apareça nos exames de sangue, por conta disso, quando se está com suspeita de AIDS, também recomenda-se repetir os exames depois de um certo tempo.

Os primeiros sintomas a aparecer são ignorados muitas vezes, pois se parecem muito com uma gripe comum e inofensiva. Nesta fase o indivíduo começa a sentir dores de garganta, febre e mal estar.

Fases do vírus HIV

Na “Segunda Fase” o vírus do HIV começa a prejudicar seriamente o sistema imunológico, não possuindo um tempo exato para que o sistema em questão seja completamente “derrubado”. Com o sistema fraco, o portador da AIDS fica propenso a todo tipo de doença, inclusive as mais simplórias.

Já na “Terceira Fase”, o HIV deixa o sistema imunológico bem enfraquecido, liberando espaço para que outras graves doenças se manifestem, como o câncer. Além disso, nesta fase também é comum suar durante a noite, perder peso rapidamente, dores no estômago, aparecimento de feridas na pele, entre outros variados sintomas.

Exame

O mais recomendado a fazer é estar sempre precavido e não ignorar sintomas aparentemente inofensivos após uma relação sem preservativo ou após uma transfusão de sangue, por exemplo. Hoje em dia existem diversos programas de proteção contra a AIDS, por isso é vital estar ininterruptamente atento ao uso de camisinhas durante uma relação sexual, além de claro, tomar cuidado com o compartilhamento de seringas, transfusões de sangue e etc.