É muito importante que toda mulher [VIDEO] esteja atenta a coloração da menstruação. Caso o sangue mude de cor ou textura, pode ser um indicativo que alguma coisa não vai bem com a sua saúde. Cor, fluxo, coágulos e até alteração no cheiro são sinais de que algo não está indo bem. Nesse caso, procure um especialista para que uma análise seja feita.

A menstruação só é suspensa no caso de uma gravidez. Caso contrário, quando uma mulher menstrua, os hormônios caem abruptamente. É quando acontece a descamação do endométrio.

O que é endométrio?

Mucosa que recobre a face interna do útero. É quando o útero é preparado para receber o óvulo fecundado.

Esse processo pode sofrer alterações. Mudança na quantidade e aparência da menstruação indicam problemas íntimos.

Menstruação normal

O ciclo menstrual deve durar, em média, de 3 a 5 dias. No caso de estender até 7 dias, ainda é considerado normal. A cada 28 dias e no máximo até 35 dias, a mulher volta a menstruar. Nota-se uma menstruação saudável, quando o sangue é liquido e fluído e sem cheiro desagradável.

O normal é que seja liberado a cada ciclo menstrual de 30 a 40 ml de sangue. Isso é controlado a cada troca do absorvente. Andrea Godoy Lopes Graça, ginecologista do Hospital Moriah, em São Paulo, explicou que, para ser considerado um fluxo normal, a mulher deve precisar trocar o absorvente a cada 4 ou 5 horas. Caso perceba um fluxo muito intenso, é necessário procurar um especialista.

A deficiência de ferro é causada pela perda demasiada de sangue.

Coloração do sangue menstrual

Muitas mulheres ficam preocupadas quando notam mudança na cor do sangue. “Variados fatores patológicos e glândulas endometriais é que influenciam na cor”, afirma Andrea.

Um volume maior de sangue leva a um tom de vermelho mais forte. Quando o volume é bem menor, a menstruação tende a ser marrom. “Cada mulher conhece bem o seu fluxo e é importante que esteja sempre atenta a mudanças nele", explica a ginecologista.

"Observe quantidade, odor, duração do fluxo menstrual e se tem a presença de coágulos”, disse o ginecologista e obstetra Élvio Floresti Junior.

Cor preta ou borra de café

Isso ocorre normalmente no final da menstruação, quando o volume de sangue diminui. Também em mulheres com o fluxo menor, ou em caso de escapes. O sangue ganha essa cor de borra de café por demorar mais a descer, quando dá tempo para o ferro presente na menstruação ser decomposto.

Rosada

O sangue menstrual de cor rosada é normal e também é um indicativo de um fluxo menstrual menor, explica Élvio.

Caso tenha um corrimento de cor rosa que não esteja ligado ao fluxo menstrual, um médico deve ser consultado. Esse tipo de corrimento rosa, indica que algo no endométrio não vai bem.

Tom vermelho claro

Sangue menstrual de cor vermelho claro, meio alaranjada é normal.

Vermelho vivo

Quando o volume do fluxo é maior, ou seja, no começo do ciclo, o sangue tem a cor vermelho vivo. O sangue desce em maior quantidade e com mais força.

Odor forte

É normal que o sangue menstrual tenha o cheiro parecido com o de ferro, já que o mineral está presente no sangue. Menstruação com pouco sangue pode ter um cheiro forte por conta da decomposição da substância.

Forte odor no sangue não é normal. Nesse caso, um médico deve ser consultado para uma análise mais profunda [VIDEO], já que é um sintoma de infecção vaginal e do endométrio.

Presença de coágulos

“É normal notar a presença de coágulos quando o fluxo de sangue menstrual é maior”, afirma a Andrea Godoy Lopes Graça. “Todo cuidado deve ser tomado, caso a mulher tenha cólicas fortes e apresente coágulos grandes no sangue menstrual. Esses são sintomas de miomas, adenomiose e hiperplasia uterina”, completa o Élvio Floresti Junior.

Presença de peles

Está relacionada a hemorragia do útero, ciclos sem ovulação, menstruação membranácea e irregularidade hormonal, causando o desabamento do endométrio de uma só vez. Caso perceba a presença de peles no sangue menstrual, procure um médico especialista para um diagnóstico preciso.