O crime é uma das preocupações de órgãos ligados a segurança público e também cidadãos comuns que prezam pela sua vida. Infelizmente, ao redor do mundo, existem os mais diversos tipos de criminosos.

Muitos deles se tornaram famosos pela severidade de seus Crimes e pegaram prisão perpétua, ou tiveram que enfrentar o corredor da morte. A verdade é que sempre existirão pessoas em busca de lucro fácil.

Apesar de algumas afirmarem que não tinham escolha, todos podem escolher seu próprio caminho e ter um futuro melhor.

Em noticiários na TV, sempre vemos a prisão de homens que foram acusados de diversos crimes. No entanto, as mulheres não ficam atrás quando o assunto são crimes. Hoje iremos mostrar alguns dos piores crimes cometidos por mulheres, confira.

1 – Mary Pearcey

Você com certeza deve conhecer a história de Jack, o Estripador.

Somente pelo nome, dá para se entender que o suspeito seria um homem, entretanto, dentre todos os suspeitos de serem o verdadeiro assassino, Mary é a única mulher.

Uma pequena biografia explica o porquê ela está presente nessa lista. Ela era amante de um senhor casado. E em um certo dia, uma mulher morta foi encontrada a beira de uma estrada. Seu corpo estava todo ensanguentado e sua cabeça quebrada, além disso, havia um corte profundo em sua garganta.

No outro dia, o corpo de uma criança também foi encontrado com sinais de asfixia. Após uma identificação, descobriram que a autora do crime era Mary e as vítimas seriam a esposa de seu amigo e o filho do casal.

2 – Aileen Wuornos

Ela foi considerada a primeira serial killer feminina da história dos Estados Unidos. Desde sua infância, Aileen era uma menina problemática e de comportamento forte. Abandonada e adotada, ela se auto-flagelava e iniciou sua vida na prostituição com apenas 15 anos de idade.

No entanto, o que a tornou famosa foram seus crimes cometidos contra seus próprios clientes. Em geral, eram homens mais maduros, por causa da matança, Wuornos ganhou o apelido de ‘Dama da Morte’.

3 – Hêlene Jégado

Francesa, a jovem cresceu e se tornou cozinheira de um padre da região onde morava. Do nada, cerca de 7 familiares da residência onde trabalhava morreram em conjunto, deixando um grande mistério no ar.

Até mesmo sua irmã, que trabalhava em uma casa familiar, morreu misteriosamente. Foi então que Jégado começou a se mudar de casa várias e várias vezes, e em todo local onde ficava, dezenas de mortes aconteciam.

Após investigações, foi descoberto que Hélene tinha envenenado todos as vítimas.

Achou pouco? Assista o vídeo abaixo e conheça mais algumas assasinas

Veja também

Veja como 8 musas dos anos 1990 e 2000 estão nos dias de hoje

Modelo está enlouquecendo a internet por ter coxas nunca vistas antes; veja

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo