Anúncio
Anúncio

Para muitas pessoas, apenas dizer o número 666 os dá arrepios na espinha, assim como evoca imagens assustadoras de cerimônias ocultas e os dias descritos no final da profecia bíblica. Diversas questões são levantas ao estudar a Bíblia mais a fundo, é o caso do mistério da besta e de sua marca. Nas redes sociais, uma postagem acerca de um suposto chip da besta seria obrigatoriamente implantado em todos, o boato se espalhou trazendo pânico em muitas pessoas. Mas nada confirma que a Marca da besta é um chip, uma pessoa influente ou uma ideologia.

Anúncio

A besta

De acordo com o último livro da Bíblia, 666 é o número, ou nome, da besta selvagem com sete cabeças e dez chifres que sai do mar. Desta representação, compreende-se algo temível, que possui influencia em todos os povos do mundo. O nome 666 identifica o sistema político como um fracasso grosseiro à vista de Deus. Analisando a Bíblia, é possível perceber que o número seis implica imperfeição. Muitas vezes, os números são usados ​​como símbolos na Bíblia. Sete normalmente representa completude ou perfeição.

Seis, sendo um a menos de sete, pode denotar algo incompleto ou falho aos olhos de Deus, e por este motivo pode ser associado aos inimigos de Deus. As três repetições são para ênfase da afirmação de imperfeição. A Bíblia, às vezes, enfatiza uma questão dizendo três vezes. Assim, o nome 666 enfatiza poderosamente que Deus vê os sistemas políticos humanos como fracassos grosseiros. Eles foram incapazes de trazer paz duradoura e segurança - coisas que somente o Reino de Deus alcançará.

A marca da besta

A Bíblia diz que as pessoas recebem a marca da besta porque a admiram e podem chegar a adorá-la.

Anúncio
Os melhores vídeos do dia

Eles fazem isso dando honra ao seu país, símbolos, times ou ainda sua força militar. Diferentemente das questões levantadas pelo boato que circulou na internet, a marca da besta seria imposta nas pessoas por vontade própria, por escolha. Em vez de ser algo literal, como um chip ou uma tatuagem, a marca da besta simbolicamente identifica aqueles que deixam qualquer adoração governar a sua própria vida. Aqueles com a marca da besta colocam-se em oposição a Deus.