Falar do filme “O Exterminador do Futuro 2: O Julgamento Final” (1991) é lembrar do astro Arnold Schwarzenegger e do jovem John Connor, interpretado por Edward Furlong. Conheça a história do filme e a trajetória de Edward Furlong.

Em “O Exterminador do Futuro”, um ciborgue com inteligência artificial vinha do futuro para alterar o curso da história. No filme, um supercomputador, chamado de Skynet, iria ser criado para a defesa norte-americana, ala ele sairia do controle e acharia que os humanos seriam a ameaça.

Publicidade
Publicidade

Por meio de bombas nucleares lançada a seu comando, ele exterminaria toda a raça humana.

Mas, um homem chamado John Connor iria liderar um grupo para lutar contra as máquinas, destruindo a Skynet. O que ela, obviamente, não podia permitir. Foi então que ela criou um ciborgue, Cyberdyne 101, e o enviou para o passado para matar a mãe de John, antes mesmo de ele nascer, ou seja, impediria o nascimento do líder da resistência.

Mas, a resistência descobre os planos de Skynet, e o tenente Kyle Reese se oferece para ir ao passado, para o ano de 1984, para poder proteger Sarah, a mãe de John Connor.

Publicidade

No final do primeiro filme, Sarah grava uma fita para o filho, explicando tudo que ele deveria fazer para que não corresse o risco de existir.

Na sequência do filme, “O Exterminador 2”, a Skynet, após frustrado o plano para matar Sarah, envia um modelo mais avançado, o androide T-1000, para então matar John Connor (Edward Furlong) quando ainda era um adolescente.

Furlong participou do filme ao lado do astro Arnold Schwarzenegger e ficou mundialmente famoso por sua interpretação. Apesar do enorme sucesso do filme, ele não teve uma carreira bem-sucedida, mesmo participando de alguns outros filmes, como “Cemitério Maldito II”, “A Outra História Americana” e “Detroit Rock City”.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Curiosidades

Furlong acabou se envolvendo com drogas e, segundo alguns meios de comunicação, chegou a sofrer duas overdoses. O ator também assumiu seu problema com álcool, que, segundo ele, começou a ter o vício ainda muito novo. Em busca de tratamentos, chegou a participar de reuniões do AA ( Alcoólicos Anônimos).

Por conta desses boatos, Furlong não foi mais convidado para interpretar John Connor, perdendo a chance de participar da sequência do “O Exterminador do Futuro 3”, sendo então substituído por Nick Stahi.

Em fevereiro, o ator foi flagrado por um paparazzo, na cidade de Los Angeles, nos Estados Unidos, ao lado da namorada Monica Keena. Segundo o jornal britânico The Daily Mail, ela chegou a acusá-lo de violência doméstica. As fotos recente mostram Edward Furlong totalmente irreconhecível.

Ele foi preso pelo menos duas vezes. Na época em que o paparazzo o fotografou, o ator estava em liberdade condicional. Depois do seu papel em “American History X”, interpretando o irmão de Edward Norton, ele não apareceu mais em filmes reconhecidos.

Publicidade

O ator chegou a conseguiu aparecer em dois capítulos de “CSI New York”, mas nada com muito destaque.

Veja como Edward Forlong está atualmente:

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo