O mundo precisa de heróis. A humanidade enfrenta violência e caos desde a sua mais tenra idade, e o que faz com que homens e mulheres acreditem em um futuro melhor é, na maioria das vezes, os exemplos de outras pessoas.

Cidadãos que surgem na mídia trazendo palavras de conforto, demonstrando amor e compreensão ao próximo, além de exalar solidariedade, são verdadeiras inspirações para que sigamos firmes em busca de um mundo melhor.

Mas será que heróis realmente existem? Veja algumas personalidades que se tornaram notórias por seus pedidos de paz e amor, mas que guardavam consigo um lado sombrio.

1 - Bob Marley

Apesar de ter cantado a paz e pregado o amor, Bob Marley foi um exímio agressor de mulheres. Além disso, ele teve vários filhos espalhados pelo mundo e que nunca se dignou a conhecer ou prestar qualquer suporte às crianças e suas mães.

2 - Charles Chaplin

Considerado um dos atores mais icônicos da história do cinema, Chaplin era, também, um pedófilo. Ele atraia atrizes ainda na adolescência para seus sets a fim de violentá-las.

Algumas meninas foram atraídas para a armadilha aos 16 anos. Essa triste realidade criminosa do astro do cinema ficou oculta durante décadas por conta do sucesso de seu personagem Carlitos.

A própria esposa de Chaplin declarou que gostava de fazer “aberrações”.

3 - Walt Disney

O criador do Mickey era um exímio racista e sexista, que pagava salários miseráveis para as mulheres que trabalhavam com ele e sempre colocava índios e negros como inferiores em suas produções.

4 - John Lennon

John Lennon foi reconhecido por pregar a paz em suas canções, inclusive na icônica “Imagine”, que virou um hino de paz. Mas o ex-Beatle era também um homofóbico de primeira, além de agredir mulheres com naturalidade.

5 - Madre Tereza de Calcutá

Nem mesmo a freira santificada escapa das maldades. Muitas pessoas alegam que ela considerava que a pobreza extrema era uma obra de Deus, embora ela mesma tivesse muito dinheiro em seu poder.Ela também usava Deus para dizer que o sofrimento dos doentes era a vontade do Senhor. Por isso, negava tratamentos para diminuir a dor.

6 - Winston Churchill

Embora os livros de história mostrem muitas vezes os atos heroicos, Churchill era um preconceituoso e criminoso. Ele queria escravizar os sul-americanos e acreditava que esse continente deveria continuar pobre.

Muitas dessas personalidades tiveram as suas imagens vendidas como sendo pessoas extremamente bondosas e que fizeram de tudo pelo bem da humanidade.

Mas, a verdade é que quando há poder e dinheiro envolvido, dificilmente algum ser humano sai com a integridade moral intocada, e muitos são adeptos de práticas preconceituosas, violentas e imorais.

Siga a página Famosos
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!