A maioria das mulheres sofre deste problema, o mau cheiro vaginal pode ser bastante incômodo, a região é extremamente sensível e a falta de higiene ou maus hábitos podem prejudicar a flora vaginal e aumentar os odores desagradáveis.

Vagina com odor forte é normal?

De acordo com a ginecologista Heloisa Brudniewski, é completamente normal a vagina [VIDEO]ter um odor mais forte, pois ela elimina secreções que saem as células mortas, a mulher não tem que se preocupar com o cheiro que, na maioria das vezes, é suave e que geralmente aumenta com o ciclo menstrual. “Quando o odor estiver muito forte e isso causar algum incômodo, o ideal é procurar um ginecologista”, orienta Heloisa.

O que causa mau cheiro na região íntima e como evitar?

A flora vaginal pode ser alterada com a mudança de hábitos da mulher, as principais causas são a alimentação e os antibióticos. Inflamações ou infecções vaginais também contribuem para o aumento do odor nesta região.

Conheça alguns hábitos que podem mudar a saúde da vagina e causar um mau cheiro.

Roupas muito apertada – a vagina precisa respirar, algumas roupas muito justas impedem a entrada de ar, possibilitando a criação de bactérias e fungos. A dica seria usar roupas mais largas e de preferência calcinhas de algodão, materiais sintéticos não são aconselhados.

Excesso de higiene – os pelos na região íntima feminina são fundamentais para a proteção da vagina, raspar todos os pelos e lavar muitas vezes esta região faz com que os fungos e bactérias se proliferem.

A dica é deixar um pouco de pelo nesta região e fazer a higienização normalmente.

Falta de higiene – a falta de higiene nesta região é um problema sério, o suor misturado com a secreção, aumenta o risco de algumas doenças, coceiras e o mau cheiro. O ideal é lavar delicadamente todas as dobrinhas da vagina com um sabonete neutro.

Usar sabonete intimo adequado – alguns sabonetes íntimos possuem muitas substâncias químicas e, por este motivo, limpam excessivamente. O uso contínuo destes produtos pode ocasionar irritações e alterar o odor da vagina. O correto é usar um sabonete neutro de preferência sem cheiro.

Ducha vaginal – muitas mulheres fazem uma ducha vaginal com o chuveirinho e isso pode causar algumas lesões na região, aumentando o risco de contaminação por bactérias e inflamações. A dica é fazer a higienização da vagina apenas por fora, evitar uma lavagem interna.

Existem outras características que podem influenciar na mudança do odor vaginal. São elas

Excesso de transpiração – uma mulher que transpira muito na região íntima precisa trocar a calcinha ao menos duas vezes por dia e escolher sempre peças feitas de algodão.

Vazamento urinário – neste caso, o ideal seria procurar um médico, pois não é normal a urina ficar vazando.

Absorvente – o ideal é usar uma calcinha de algodão no dia a dia e usar o absorvente somente durante a menstruação.

Peso em excesso – as dobras que são formadas na pele aumentam o problema, a vagina não respira adequadamente e isso causa o aumento do odor. A dica é lavar e secar a região e depois do banho permanecer alguns minutos sem roupa para que a região possa respirar.