A dança é uma atividade tipicamente humana. As pessoas quando ouvem música, naturalmente movem os pés e batem palmas. É curioso como todo o corpo acompanha a música. Pesquisadores encontraram pinturas pré-históricas em cavernas que comprovam movimentos de pessoas como se dançassem. Supõe-se que nas danças primitivas [VIDEO], ruídos produzidos com mãos e pés marcavam o ritmo, mas com o tempo foram surgindo movimentos mais organizados. A dança aos pares ou em grupos passou a ser executada em bailes, que se tornaram parte da vida social.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal Relacionamento

As danças folclóricas de diversos países incorporam o uso de vestimentas tradicionais.

Os tipos de danças variam conforme a época, mas não perdem suas originalidades

Nas sociedades primitivas, a dança pode representar um modo de comunicação com as divindades.

Os índios norte-americanos participavam de uma dança da fertilidade, em que os passos precisam ser feitos sempre na mesma ordem.

As danças tradicionais são geralmente baseadas em séries preestabelecidas de passos e movimentos, já nas danças mais modernas, os dançarinos são livres para improvisar. A convenção das danças tradicionais rompeu-se radicalmente com o rock and roll.

Uns dos padrões mais comuns da dança folclórica [VIDEO] são a corrente. Os participantes organizam-se em fila, ou em círculo, com as mãos dadas.

Nos Estados Unidos, a quadrilha foi desenvolvida pelos primeiros colonizadores, como imitação das formas mais elaboradas de dança praticada nas cortes europeias.

A valsa considerada uma das danças mais elegante, originou-se na Austrália no século XVIII, e não demorou muito para ganhar popularidade em todo o mundo.

Johann Strauss compositor austríaco ficou muito famoso por escrever música especialmente para valsa.

A dança pode ser ensinada em livros por meio de desenhos que mostram os passos a serem dados. Um fator muito curioso é que a mímica combina perfeitamente com a representação e a dança, pois cria uma linguagem sem palavras que pode ser compreendida por povos das mais diversas culturas. Não só os índios, mas muitos asiáticos incluíram a mímica em suas danças.

A dança além de ser uma arte maravilhosa [VIDEO], é também terapêutica. É eficaz para reavivar a mente e manter o corpo em forma. Está no alcance de todos se tiverem disposição e interesse de aprender. Não existem limites de idade para começar praticar a dançar, porém em casos especiais é recomendado acompanhamento de um profissional devidamente qualificado.