1

Ser canhoto

De acordo com um artigo publicado em 1995, um experimento feito com canhotos e destros revelou que os que escrevem com a mão esquerda tiveram mais habilidade para combinar dois objetos e também agrupar listas de palavras em categorias.

Publicidade
Publicidade
2

Ser muito preocupado

Um estudo publicado em 2014 descobriu que crianças que tinham tendência de serem mais preocupadas acabaram pontuando mais alto em testes de inteligência não verbais. Isso foi atribuído ao fato delas levarem os trabalhos mais a sério por causa de sua preocupação.

Publicidade
Publicidade
3

Ser curioso

Pesquisadores da Universidade de Psicologia de Londres apontam que uma criança curiosa tem tendência a descobrir e aprender mais. O professor Tomas Chamorro-Premuzic explica, em publicação na Harvard Business Review, que uma "mente faminta" acaba tornando as pessoas mais inteligentes.