Após vários anos de muitas controvérsias, os arqueólogos encontraram finalmente um esqueleto Viking datado do século 10. O corpo foi encontrado no ano de 1878, em uma ilha de Bjorko, localizada na Suécia. Durante um século, todos achavam que na realidade ele pertencia a um homem.

No entanto, na ultima segunda-feira (18), pesquisadores publicaram uma descoberta fantástica. A informação divulgada na revista Antiquity, afirma que eles descobriram algo novo sobre o antigo esqueleto.

De acordo com os pesquisadores, trata-se "indiscutivelmente de um corpo feminino". A informação foi confirmada por Neil Price, um dos responsáveis pelo estudo da agora guerreira da era viking.

O esqueleto foi enterrado em um túmulo especial

No ano de 2017, os pesquisadores publicaram uma conclusão no American Journal of Physical Anthropoly afirmando que após analisarem o esqueleto, acabaram notando que ele havia sido enterrado em um tumulo especial. Ele era feito para guerreiros importantes e estava enterrado juntamente com relíquias, dois cavalos, espadas, flechas, machado e uma lança.

Na nova publicação, os autores também rebatem algumas críticas feitas por outros pesquisadores da área. Eles afirmam que eles teriam "analisado o esqueleto errado".

Segundo pesquisadores críticos, tumulo na realidade poderia abrigar dois corpos ao invés de somente um.

No entanto, os autores desmentiram o fato e também confirmaram a existência de apenas um esqueleto. Além disso, cada osso humano encontrado no túmulo havia sido rotulado com tinta. A descoberta de que o esqueleto se tratava de uma guerreira viking, não afirma o seu gênero.

Isso porque Neil Price explicou durante entrevista para o portal IFLScience, que os cromossomos encontrados no corpo forcem a informação de que a guerreira era do sexo feminino, mas não sobre o seu gênero.

Série Vikings pode ter ajudado na descoberta

A série Vikings se tornou uma das produções de maior sucesso do History.

Baseando-se em fatos históricos, Michael Hirst, conseguiu conquistar milhares de fãs ao redor do mundo. Há quem diga que os povos nórdicos tratam-se apenas de uma lenda, no entanto, diversas descobertas feitas por pesquisadores provam que de fato eles existiram.

O fato deixa fãs da série Vikings ainda mais animados. Já que na história narrada por livros e também contos, Lagertha, guerreira e também esposa de Ragnar Lodbrok, realmente existiu e quem sabe pesquisadores um dia possam encontrar os seus restos mortais provando que a série do History usa elementos históricos verdadeiros para contar a história dos antigos guerreiros pagãos e também sanguinários.

Siga a página Famosos
Seguir
Siga a página Seriados
Seguir
Siga a página Mulher
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!