Na última sexta-feira (12) a jovem Taynan Sousa, moradora da cidade de Pedro II, interior do Piauí, foi surpreendida na Maternidade Dona Evangelina Rosa, em Teresina, ao descobrir na hora do parto que estava grávida de trigêmeos, e não gêmeos, como apontavam as consultas pré-natais.

A gestante, de 21 anos, esperava o nascimento de somente duas crianças. Ela contou que a imagem do terceiro bebê não apareceu em nenhum dos quatro exames de ultrassom feitos durante a gestação, na cidade onde mora.

A última consulta foi feita pouco antes do parto. O ultrassom foi realizado já na maternidade, em Teresina. A terceira criança só foi descoberta depois do nascimento das duas primeiras. “Quase morri de susto”, contou a jovem.

Na madrugada, Taynan começou a perder líquido e entrar em trabalho de parto, foi então que ela e o marido saíram de Pedro II e se deslocaram para a cidade de Piripiri. Por ser um parto de crianças prematuras, a gestante foi encaminhada a Teresina.

Wanderson Bitencourt é marido de Taynan e pai das trigêmeas. Ele é professor de química e contou que entrou em estado de choque quando recebeu a notícia sobre a terceira filha. Quando a jovem telefonou para o marido, disse que tinha uma surpresa.

O pai das crianças tentou adivinhar e questionou se os bebês eram meninos. Depois de uma resposta negativa, Taynan revelou que na verdade havia mais uma criança, a gravidez, na verdade, não era de gêmeos, e sim trigêmeos.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Saúde Mulher

Para confirmar a notícia, a jovem passou o telefone para o médico conversar com o marido. Ele revelou que ficou sem reação. "Acho que encerramos por aqui, a casa já está cheia”, brincou Wanderson.

Izabel, Eloá e Eloíza

A gestação das três crianças do sexo feminino durou no total 34 semanas e quatro dias. Elas nasceram de parto normal, com intervalo de 50 minutos cada. A primeira bebê nasceu pesando 1,57 kg e a segunda nasceu pesando 1,54 kg.

A inesperada terceira criança nasceu pesando 1,65 kg, pouco mais que as irmãs.

As meninas receberam os nomes de Izabel, Eloá e Eloíza, em ordem de nascimento, respectivamente. De acordo com a mãe e a equipe médica, as trigêmeas vão continuar internadas na maternidade por conta do peso abaixo do esperado, sem previsão de alta médica.

O casal foi pego de surpresa e isso significa que não haviam preparado enxoval para três bebês, e sim para duas crianças.

Embora felizes com a notícia, eles não escondem a preocupação para manter as trigêmeas, com o agravante de que Wanderson, professor de química, está atualmente desempregado.

Para arrecadar artigos do enxoval para o casal e suas trigêmeas, a residente em Enfermagem Obstétrica, que também participou do parto, deu início a uma campanha de doação de fraldas, kits de higiene e roupinhas que podem ser deixados na recepção da maternidade Dona Evangelina Rosa.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo