6 dicas para facilitar a introdução alimentar do bebê

Introdução alimentar do bebê: dicas para facilitar o processo. (Arquivo Blasting News)
Introdução alimentar do bebê: dicas para facilitar o processo. (Arquivo Blasting News)

Após o período de amamentação, chega a hora de introduzir alimentos sólidos nas refeições do seu pequeno.

Uma pesquisa realizada pela revista Crescer, da Editora Globo, aponta que 65% das crianças começam a introdução alimentar aos 6 meses, assim como indica a Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP). Isso porque, após o período de amamentação, chega a hora de introduzir alimentos sólidos nas refeições do seu pequeno.

Antes da transição, é preciso observar se o bebê está completamente preparado para a nova rotina alimentar. Sinais como sustentação do próprio corpo e vontade de tocar com as mãos o alimento que a mãe segura demonstram que a criança pode receber bem um alimento sólido.

Para facilitar esse período de adaptação durante a introdução alimentar do bebê, preparamos 6 dicas importantes que ajudam os responsáveis a incentivarem o pequeno a comer feito gente grande.

1

Comida caseira

A primeira grande dica é oferecer comida caseira. Agora, é a hora de preparar as refeições em casa, aproveitando o máximo de alimentos e temperos naturais possíveis. A introdução alimentar do bebê é feita com os alimentos que toda a família consome, então, esqueça os processados. (Reprodução/Pixabay)

2

Sem exageros

Até o momento, o bebê está acostumado somente com líquidos, como o leite materno. Por isso, não crie expectativas que a criança vai consumir tudo o que você colocar no prato. Acredite: ele sabe o quanto pode e precisa consumir. (Reprodução/Pixabay)

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo