Vikings” se tornou uma série de grande sucesso. A produção do History conta a história dos antigos nórdicos mostrando os seus costumes e lutas por terras e poder. Uma personagem acabou chamando a atenção e também serviu como modelo de representatividade para o público feminino.

Legartha iniciou a série como a esposa de Ragnar e também escuderia. No campo de batalha, ela demonstrou força e também estratégia e ajudou o seu marido a conquistar várias coisas. A série se baseia em alguns fatos históricos e por isso seus personagens ganham ainda mais a atenção do público por terem possivelmente existido na vida real.

Inspiração para a personagem

A história de Lagertha pode ser encontrada no livro intitulado "Gesta Donorum", de Saxo Grammaticus, um cronista do século 12. Apesar dos fatos descritos nesta grande obra, muitos historiadores contestam a sua veracidade.

Porém, a teoria mais aceita é que a grande guerreira seja na realidade uma personagem baseada em Thorgerd, uma figura divina dos mitos nórdicos. Com isso, a história da mãe de Bjorn se inicia com o rei da Suécia, Fro, após a sua invasão a Noruega resultando na morte do rei Siward.

Todas as mulheres de Siward foram colocadas em um bordel e lá sofreram humilhações e todo o tipo de maldade que pudesse se imaginar. O fato despertou a ira de ninguém menos que Ragnar Lothbrok, neto de Siward.

O viking reuniu um exército e marchou para o local.

As mulheres então se vestiram como guerreiros e ajudaram Ragnar na luta contra Fro. Na liderança do grupo feminino estava Lagertha, e suas habilidades juntamente com a sua coragem conquistaram Ragnar. Ele então se apaixonou pela guerreira e ela se tornou a sua mulher.

Pulso firme

Lagertha não era uma mulher fácil de se conquistar. Após várias tentativas de despertar a atenção da guerreira, Ragnar então foi para Vale Gaula, região onde a escudeira morava, para a encontrar pessoalmente.

No caminho, deparou-se com um urso e também um cachorro enorme. Os animais estavam guardando a casa onde Lagertha morava.

Ragnar assassinou o urso com a sua lança e estrangulou o cachorro.

O gesto finalmente chamou a atenção da guerreira e os dois se casaram. Como fruto desse relacionamento o casal teve três filhos. Fridleif era o único homem da linhagem de Ragnar com a escudeira. Os nomes das garotas não foram mencionados na história. Após Ragnar voltar para a Dinamarca ele então se separou de Lagertha. O motivo do divórcio foi a filha do rei Herraud da Suécia, Thora Borgarhjöt.

O amor representado no campo de batalha

Vários anos após se separar de Lagertha, Ragnar se envolveu em outra guerra na Dinamarca e precisou da ajuda de sua ex-esposa.

Como ela ainda o amava, respondeu ao seu chamado comandando uma frota com 120 navios. O fato evidentemente mostra como a personagem foi importante para a vitória de Ragnar no campo de batalha. Na produção do History, os produtores tentaram mostrar isso a cada novo episódios mostrando que a antiga guerreira era uma pessoa de personalidade forte e não abaixava a cabeça para ninguém.

Siga a página Famosos
Seguir
Siga a página Educação
Seguir
Siga a página Seriados
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!