5 polêmicas envolvendo o youtuber Felipe Neto

Felipe Neto comemorou o fim dos likes no Instagram. (Arquivo Blasting News)
Felipe Neto comemorou o fim dos likes no Instagram. (Arquivo Blasting News)

Recentemente, youtuber deu o que falar após comprar 14 mil livros LGBT para distribuir gratuitamente na Bienal do Livro do Rio de Janeiro.

1

Torcida para Kaysar

Durante a transmissão do "BBB18", Felipe Neto declarou sua torcida de uma forma inusitada ao participante Kaysar Dadour. Isso porque o youtuber postou foto de uma tatuagem feita em seu pulso em homenagem ao participante.

Ver essa foto no Instagram

Força guerreiro. Você será o campeão!! Pra sempre na pele. Tamo junto.

Uma publicação compartilhada por Felipe Neto (@felipeneto) em

2

Crítica ao Meus Prêmios Nick

Após a Nickelodeon divulgar os finalistas do Meus Prêmios Nick, Felipe se manifestou nas redes sociais sobre o assunto, e, inclusive, criticou o fato de seu próprio canal do youtube ter sido uma das indicações. Para o youtuber, os prêmios são manipulados pela organização.

3

Fim dos likes no Instagram

Recentemente, o Instagram mudou a forma de agir sobre as curtidas recebidas nas fotos postadas. Isso porque o que antes ficava visível para todos, agora só pode ser visto pelo autor da publicação. Muitos famosos aprovaram a mudança, entre eles, claro, Felipe Neto, que realizou uma publicação para falar sobre o assunto em seu perfil, hoje com mais de 11 milhões de seguidores.

Ver essa foto no Instagram

As únicas pessoas preocupadas com o fim dos likes são aquelas que vivem em função deles, ou vendiam campanhas e usavam likes como métrica para alguma coisa (o que é jurássico - quem engaja de verdade não precisa de like pra mostrar que deu resultado). Há anos eu faço campanhas contra o mundo de mentiras tóxicas que é o Instagram. Há anos eu tento mostrar, em posts e vídeos, como o Instagram é uma rede social de falsidades, de uma disputa de vaidade para ver quem cresce mais, só que quase nunca criando conteúdo, apenas vendendo uma ilusão de beleza superficial e inexistente. Conheço pessoalmente a maioria das pessoas consideradas mais belas e com as vidas mais perfeitas do Instagram e digo, com propriedade e sem medo de represálias, que quase todas essas pessoas são completamente diferentes do que vendem por aqui. A remoção dos likes talvez diminua essa disputa vazia de vaidades, essa busca constante de tentar parecer algo que não é, essa necessidade latente de utilizar 800 efeitos em cada foto para que ninguém perceba as imperfeições humanas e naturais de cada um. Essas mentiras que o Instagram propaga contribuem diretamente para o aumento de depressão, ansiedade e baixa auto-estima em milhões de pessoas por todo o planeta, incapazes de se olharem no espelho e sentirem que são tão belas quanto, ou que possuem uma vida tão boa. Que esse fim dos likes também traga o fim do facetune, dos retoques desesperados e da máscara de perfeição cobrindo uma vida comum e humana, como qualquer outra. Tomara. Apenas tomara...

Uma publicação compartilhada por Felipe Neto (@felipeneto) em

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo