Sem dúvidas, o consumo de manga durante o período gestacional ainda é algo que confunde as gestantes. Dessa forma, ainda que diversas mulheres conheçam bem os mitos relacionados a isso, os fatos acerca da fruta ainda são pouco conhecidos pelas mulheres em geral. Devido a isso, as futuras mamães procuram evitar a fruta, não importando a intensidade do seu desejo por ela.

Porém, o consumo de frutas durante a gravidez pode ser considerado bastante importante.

Dessa forma, abaixo serão expostos três pontos ligados ao consumo de manga durante a gestação que poderão te ajudar a decidir por comer ou não a fruta em questão.

Fatos sobre o consumo de manga

Valor nutricional

Primeiramente, é importante apontar que a manga acaba se tornando um desejo para as grávidas devido ao fato de ser naturalmente doce. Além disso, também é importante destacar que a manga possui apenas 60 calorias em cada 100 g, e pode ser considerada uma boa fonte de proteínas, vitaminas, fibras, ferro e alguns antioxidantes naturais.

Portanto, devido a todos os componentes presentes na manga, ela acaba se tornando uma excelente fonte de energia. A composição da fruta também a torna excelente no combate de algumas condições, como a prisão de ventre.

Comer manga durante a gestação

Embora as dúvidas acerca do fruto sejam numerosas, é possível afirmar que comer manga durante o período gestacional é seguro e benéfico para a mãe e o bebê.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Saúde

Entretanto, o consumo não deve ser exagerado. Os benefícios nutricionais trazidos pela fruta são o primeiro motivo que deve fazer alguém consumir o fruto.

Para além disso, é possível pontuar também que os minerais e vitaminas presentes na manga podem ajudar de maneira bastante positiva o feto. Isso se deve, principalmente, à presença do ácido fólico, que é primordial para um bom desenvolvimento do feto.

Entretanto, é importante destacar que a manga deve ser consumida durante a sua temporada, quando existe a possibilidade de comer o fruto biológico, e não aquele que é produzido por meio de recursos químicos, visto que os frutos produzidos dessa maneira podem ser prejudiciais à gestante.

Cuidados no consumo

Primeiramente, é necessário ser certificar de que a gestante não possui nenhuma condição, como alergias, que possa ser desencadeada a partir do consumo da manga.

Portanto, procure consultar o médico antes de optar por comer a fruta.

Caso o profissional de sua confiança libere o fruto, será preciso evitar os produtos industrializados e optar sempre por formas naturais de consumo, produzidas de maneira biológica. Além disso, é importante destacar que as mangas devem ser sempre bem lavadas e não se deve comer a casca.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo