Poderosa, de 'Amor Sem Igual', imita 'condenadas' da Globo com conversão religiosa

Josiane, Poderosa e Larissa são exemplos desta mudança. (Fotomontagem)
Josiane, Poderosa e Larissa são exemplos desta mudança. (Fotomontagem)

Assim como em 'Amor Sem Igual', outras novelas também recorreram à conversão de personagens controversas

Não perca as atualizações mais recentes
Clique nos tópicos de interesse e comece a segui-los. Nós vamos sempre te manter atualizado com as principais notícias.
clique para ver o vídeo
'Coração Indomável': Maricruz pensa em desistir de sua vingança contra Otávio

O final de Poderosa, protagonista de "Amor Sem Igual", Record TV, emocionou diversos internautas, já que após tanto sofrer em busca de uma vingança, a ruiva decide deixar a prostituição para trás e se converter, mudando radicalmente de postura e vivendo em plenitude o seu amor com Miguel.

Entretanto, embora este recurso para transformar a protagonista possa parecer próprio de uma emissora abertamente evangélica, outras emissoras laicas já se utilizaram deste recurso para transformar o final de vilãs e até mesmo de personagens que cometeram algum tipo de erro ao longo da trama.

Abaixo, as personagens que, assim como Angélica, também mudaram por conta da religião.

1

Josiane, de 'A Dona do Pedaço'

A vilã de a dona do pedaço infernizou a vida de Maria da Paz, chegando ao ponto de roubar seu namorado, entretanto, na reta final da trama, depois de ter sido condenada por assassinato, ela se converte ainda na prisão. Entretanto, pouco tempo depois os telespectadores descobrem que a conversão não passou de uma farsa, e ela mata Régis no final. (Foto: Reprodução/TV Globo)

2

Larissa, de 'Verdade Secretas'

A modelo vivida por Grazi Massafera acabou se afundando nas drogas depois de tanto tentar voltar a fama, o que fez com que ela fosse ao fundo do poço, porém, na reta final ela deu a volta por cima com a ajuda da religião. A modelo começa a trabalhar como humanitária, ajudando pessoas da mesma forma que ela foi ajudada. (Foto: Reprodução/TV Globo)