5 políticos que repercutiram a morte de Nelson Sargento

Morre o sambista Nelson Sargento (Divulgação)
Morre o sambista Nelson Sargento (Divulgação)

O cantor e compositor faleceu nesta quinta-feira (27), aos 96 anos, vítima do coronavírus

Não perca as atualizações mais recentes
Clique nos tópicos de interesse e comece a segui-los. Nós vamos sempre te manter atualizado com as principais notícias.
clique para ver o vídeo
OMS quer saber de onde surgiu o vírus da Covid-19, e China não coopera
1

Luís Inácio Lula da Silva

O ex-presidente disse que ficou triste com a morte do cantor que é símbolo da Mangueira. Ele lamentou o fato de Nelson ser mais uma vítima da "tragédia" da Covid-19, que, segundo o petista, poderia ter sido evitada. Lula ressaltou que foi um prazer conviver com Nelson e deixou seus sentimentos aos familiares e aos sambistas.

2

Talíria Petrone

A deputada federal (PSOL-RJ) afirmou que o samba perdeu uma lenda viva e lamentou por ele ter morrido de Covid-19.

3

Eduardo Paes

O prefeito do Rio (DEM) destacou que o Brasil, o samba e o Rio perderam o cantor que ensinou que o samba agonizava, mas não morria. Ele disse que todos queriam que Nelson fosse imortal como o samba, entretanto, ninguém pode ser.