5 treinadores que ficaram sem emprego após queda no Catar

Luis Enrique deixou o comando da Espanha (Reprodução/Twitter/@SEFutbol)
Luis Enrique deixou o comando da Espanha (Reprodução/Twitter/@SEFutbol)

A Copa do Mundo ainda não acabou, mas o ciclo de vários treinadores chegou ao fim em suas seleções

Não perca as atualizações mais recentes
Clique nos tópicos de interesse e comece a segui-los. Nós vamos sempre te manter atualizado com as principais notícias.
clique para ver o vídeo
Botafogo-SP e Ituano jogam pela recuperação no Paulistão
1

Tite – Brasil

Depois de mais uma eliminação nas quartas de final, o técnico Tite anunciou sua saída da seleção brasileira. O treinador estava há seis anos no cargo e já havia dito que não ficaria, mesmo se o time fosse campeão.

2

Tata Martino – México

Depois de não conseguir passar da primeira fase, Tata Martino deixou o comando da seleção do México. Ele estava no comando do time desde 2019 e assumiu a responsabilidade pela queda precoce da equipe.

3

Luis Enrique – Espanha

O técnico Luis Enrique não resistiu à queda da Espanha para o Marrocos ainda nas oitavas de final. Apesar de ter estreado goleando a Costa Rica por 7 a 0, esta acabou sendo a única vitória da Fúria na Copa.