Os trabalhadores informais que têm direito ao Auxílio Emergencial já começaram a receber a primeira parcela do seu benefício desde a semana passada. Porém, o que alguns não sabem é que alguns desses trabalhadores informais podem receber um valor que chega em R$ 1800. Confira as datas de recebimento e quem tem direito ao auxílio.

Quem tem direito aos R$ 1800

Este é o valor máximo que será pago que deve obedecer ao seguinte critério: uma núcleo familiar que tenha uma mulher como chefe de família (responsável pelo sustento dos filhos da casa) e que tenha, pelo menos, mais uma pessoa que seja apta a receber este Auxílio Emergencial.

Obedecendo estes critérios a mãe chefe de família poderá ficar com três parcelas de R$ 1200. Este outro membro da família que esteja apto a receber, terá direito a três depósitos de R$ 600 cada que será creditados pelo Governo Federal, porém, a soma dos auxílios recebidos pela família não pode ultrapassar o teto que é de R$ 1800.

Regras do Auxílio Emergencial

As diretrizes a serem seguidas para distribuição do dinheiro do programa dizem que somente duas pessoas da família têm direito, mesmo que a unidade familiar tenha outro indivíduo que se encaixem nas regras de recebimento do Auxílio Emergencial.

Existem várias hipóteses que encaixam a família no teto de R$ 1800. Um outro exemplo, pode ser uma mãe ( solteira ou viúva) que trabalhe na informalidade e que tenha, pelo menos, um filho menor de idade e outro que possua mais de 18 anos e que, também, trabalhe na informalidade.

Outra condição para que a mãe tenha direito aos R$ 1200 é, na hora do seu cadastro, informar o número do CPF do filho que seja menor de idade. Sendo assim, a mãe chefe de família receberá R$ 1200 e o filho maior de idade recebe R$ 600.

Contudo, eles também precisam que os dois se encaixem nos critérios restantes, como ter mais de 18 anos de idade e não receber nenhum outro benefício do Governo Federal, exceto o Bolsa Família.

Regras para cota por família

  • A primeira regra regra é que no máximo duas pessoas da família poderão receber o Auxílio Emergencial de R$ 600;
  • Dependendo de como a família é formada, a cota poderá chegar a, no máximo, R$ 1800;

Mulher que é chefe de família e que tem mais de um integrante om direito a receber:

  • Àquela mulher (separada ou viúva) e que viva com crianças e/ou adolescentes que tenham até 18 anos de idade, irá receber R$ 1200 (mesmo tendo outra pessoa que tenha direito na família);
  • Sendo assim, esta outra pessoa que trabalhe informalmente também irá receber (com o formulário devidamente preenchido) os R$ 600;
  • Sendo assim, essa família receberá três cotas do auxílio e, recebendo no total, R$ 1800. Esse é o máximo valor que uma família pode receber.
Siga a página Coronavirus
Seguir
Siga a página Jair Bolsonaro
Seguir
Siga a página Governo
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!