Na era da Internet a inovação continua a acontecer. Existem novas tecnologias, plataformas, aplicativos e programas atendendo aos usuários todos os dias. Portanto, as empresas que investem em atividades de marketing digital devem se adaptar aos hábitos de seus consumidores, sempre atentas às Tendências.

A pandemia da Covid-19 causou mudanças nos planos de marketing digital, e a análise de tendência tradicional do mercado no próximo ano adiciona outro componente em 2021. As consequências emocionais e financeiras fazem com que os profissionais precisem refletir sobre seus planos. Uma perspectiva específica, como a continuação de períodos atípicos na vida privada da empresa e de seus clientes potenciais, deve ser avaliada sempre sob várias óticas.

Portanto, para se destacar na multidão e obter melhores resultados, é necessário utilizar estratégias de marketing digital para fornecer aos clientes uma entrega de valor com sucesso.

As estratégias digitais são imprescindíveis para o momento atual

Em termos de marketing digital, o “novo normal” da indústria (principalmente o chamado B2C) deu sinais que, de acordo com um estudo divulgado em junho de 2020, em pesquisa feita pela CMO Survey, apontou que 84% dos consumidores afirmam dar mais valor à experiência de e-commerce, mas 67,2% das pessoas enfatizaram que pretendem consumir caso houvesse diminuição no valor da compra, enquanto 43,3% das pessoas só gastam quando há promoções ou redução significativa de preços.

Dessa forma, nota-se uma maior adoção do consumidor ao digital.

Potencialmente, as estratégias no meio online se mostram muito mais adequadas atualmente do que se tratando do convencional, principalmente em um período de crise sanitária como o vivido atualmente.

Os micro-influencers

A tendência dos especialistas é também investir nos chamados “microinfluenciadores” com seguidores mais leais e segmentados, não para atrair um público muito amplo, mas focar em qual taxa de conversão mais efetiva.

Empresas devem criar conteúdo

Embora esteja no topo da lista das estratégias mais utilizadas desde 2013, a tendência é que continue a ser a maior fonte de tráfego da web. Para se ter uma ideia, mais de 70% das empresas no Brasil já utilizaram essa estratégia em suas atividades de marketing.

A combinação de conteúdo também pode ser um grande diferencial.

Artigos, e-books, infográficos, vídeos, apresentações de slides e afins são alguns dos formatos mais atraentes para os consumidores online.

Redes sociais como canais de conexão

As redes sociais são um canal online ideal para os esforços de marketing digital de uma empresa. Além de atrair ouvintes de forma segura e segmentada, também oferecem diversas possibilidades de interação criativa, como: histórias, comentários, reações, compartilhar, salvar, votar, etc.

Portanto, as redes sociais já não servem mais somente para a divulgação, mas sim como canal de conexão com o cliente ou o potencial cliente. Por estar mais acessível, próximo e disponível, as redes sociais já não precisam ter dezenas de milhares de seguidores para trazer credibilidade, mas sim constância, produção e, acima de tudo, atenção ao usuário que procurará pela empresa.

Siga a página Tendências
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!