Sempre pensamos nas pessoas mais estudiosas [VIDEO], naquelas que passam mais tempo com a cabeça enfiada nos livros. O que não é verdade, pois você pode estudar menos e melhor de forma mais eficiente e eficaz, seguindo os seguintes métodos.

1. Quebre suas sessões de estudo

A razão para isso é que a média do período que um estudante consegue prestar atenção em algo é de cerca de 25 á 30 minutos, isso vale tanto para o tempo em que você fica focado na aula, quanto ao tempo que você lê efetivamente.

Após passar cerca de 25 á 30 minutos, a sua eficiência começa realmente a desaparecer, por isso estudar mais não significa obter melhores resultados, por conta disso, quebre suas sessões de estudo em pedaços de 20 á 30 minutos.

Depois que acabar, faça pequenas pausas de apenas 5 minutos, fazendo qualquer coisa que afaste sua cabeça completamente dos estudos.

Se você nunca fez isso, no começo pode parecer um pouco estranho, mas eu garanto que vai funcionar e você vai ter um melhor rendimento nos estudos. As sessões parecerão muito curtas e o tempo de descanso ainda mais curto. Contudo, com o tempo esse hábito vai se consolidar, com isso você poderá preparar recompensas após um dia de estudos, como por exemplo comer uma pizza, jogar vídeo game, ver um filme.

Mas só se você estudar direito, durante todo o seu período de estudo, ok?

2. Crie uma área de estudo dedicada

A razão para isso é que o nosso ambiente, em grande parte, determina o nosso comportamento. Se você for estudar em um local onde esta condicionado a fazer outras coisas, como por exemplo dormir, vai ser muito difícil se concentrar nos seus estudos.

Por isso o que você precisa fazer é encontrar uma área que seja precisamente para os seus estudos, somente para isso. De modo que quando você estiver nesse lugar é só para estar preparado para estudar.

Esse lugar pode ser a biblioteca, o quintal da sua casa, em qualquer lugar, desde de que seja em uma área de estudo dedicada. Não precisa ser em um local só, você pode criar vários locais onde sua mente será condicionada a estudar, só não tente estudar deitado na cama, ou perto da tv, vídeo game e outras distrações.

3. Estude ativamente

Quanto mais você estudar de um modo ativo, mais eficaz você será.

Por isso faça a seguinte pergunta, sempre que for começar a estudar.

  • O que é mesmo que eu estou estudando?

E aí, sua resposta pode ser em Fatos ou Conceitos.

Um conceito é, por exemplo, saber os tipos de movimento que o braço pode fazer, então você precisa entender cada tipo de movimento.

Já um fato é apenas algo que você precisa lembrar, por exemplo, quais são os nomes dos maiores ossos do braço.

Sabendo disso já da para perceber que os conceitos são mais importantes que fatos. Porque uma vez que você aprende o conceito, entendendo todo seu funcionamento, o conhecimento é seu para sempre.

E os fatos você vai acabar esquecendo, com o tempo.

É importante saber da diferença dos dois, pois hoje em dia infelizmente, ainda usa-se muito fatos. E por causa disso, também tenho uma técnica bem eficaz para sua memorização, que são os flashcards e mapas mentais que são muito bons.

Contudo, os conceitos devem ser entendidos e por isso é importante reescreve-los com suas palavras, do seu próprio modo de pensar. Faça esse teste com você mesmo.

Quando for estudar em um livro, por exemplo, ao invés de sair grifando tudo com o marca textos, marque só palavras chaves do que achar mais importante, para que quando você volte ao texto, após sua primeira leitura, você reconheça algo que estudou e depois faça algo que é ainda mais importante, teste você mesmo. Sem olhar o texto inteiro escreva tudo que você sabe do tema, pois é melhor você se testar agora do que chegar na prova e você perceber que deveria ter estudado mais um pouco.

4. Faça anotações mais eficazes

Se você ainda não faz anotações em suas aulas, comece já!

Sabe quando você vai em uma aula e depois de uma semana não lembra de mais nada que o professor disse?

Isso é causado basicamente por não fazer anotações depois da aula ser explicada, para depois poder revisar ou pedir ajuda para o professor para esclarecer alguma dúvida. Isso é muito importante.

Formas de se revisar são feitas por várias formas, como por mapa mental, tópicos e entre outros.

5. Resuma e ensine tudo que você aprendeu

Umas das formas mais eficazes de aprender algo é ensinar o que você aprendeu.

É só lembrar dos professores. Como você acha que eles dão aula de maneira fluida e com o conteúdo praticamente na ponta da língua?. Muitas vezes, nem precisam consultar o livro. Isso acontece, porque aquele professor já deu várias aulas sobre aquele tema, e a repetição do processo, ensinando, fez com que ele aprendesse fixando o conteúdo.

E isso é estudar ativamente. Você acaba forçando o seu cérebro para lembrar de todas as informações que você sabe, para resumir aquele conteúdo e ensinar para alguém.

Mas se assim como eu, você não tem ninguém para ensinar, fale em frente ao espelho. Pode parecer loucura, mas funciona, e você pode ensinar para o nada se quiser, pois só o ato de explicar a matéria já fixa o conteúdo e te ajuda a não esquece-lo nunca mais. Só revise todas as semanas para ter certeza que aprendeu realmente.

São métodos tão poderosos, que faz você mesmo perceber onde não esta compreendendo completamente uma matéria. Por isso comece a estudar menos e melhor.