O jornalismo esportivo perdeu nesta segunda-feira (25) um de seus maiores ícones. Morreu aos 72 anos, no Hospital Santa Catarina, em São Paulo, o jornalista Roberto Avallone, vitimado por uma parada cardiorrespiratória.

De acordo com informações passadas por familiares, o jornalista passou mal em sua casa e foi levado pelo Corpo de Bombeiros ao hospital na avenida Paulista, onde sua morte foi confirmada por volta das 9h. Ainda não existem informações dando conta do local do velório e horário do enterro.

Publicidade
Publicidade

Depois de passar por vários veículos de imprensa, Avallone mantinha um blog no portal UOL, cuja última postagem foi feita no domingo (24), na qual ele fez uma análise do empate entre Palmeiras, seu time do coração, e Santos, que haviam se enfrentado no sábado (23). Na televisão, suas últimas aparições foram nos programas do canal por assinatura SporTV.

A carreira

Palmeirense de coração, Avallone começou sua carreira na década de 1960 atuando no jornal Última Hora.

Última emissora de Avallone foi o SporTV (Foto: Divulgação/ Globosat).
Última emissora de Avallone foi o SporTV (Foto: Divulgação/ Globosat).

Posteriormente foi para o Jornal da Tarde, onde trabalhou durante 23 anos, mas se tornou bastante conhecido durante sua passagem na TV Gazeta, nos anos 90, onde era apresentador do "Mesa Redonda", programa esportivo de domingo a noite que comentava a rodada do final de semana, e também era comentarista do diário Gazeta Esportiva, exibido na hora do almoço. Na emissora paulista também foi diretor de esportes.

O jornalista também participou das coberturas da Copas do Mundo de 1978, na Argentina, e de 1986, no México, curiosamente ambas vencidas pela Argentina.

Publicidade

Ainda fez carreira no rádio, tendo trabalhando na Jovem Pan, na Eldorado, Rádio Bandeirantes, Rádio Globo e Rádio Capital. Uma de suas marcas registradas era a maneira como usava a pontuação nas frases: “Que golaço, exclamação” ou “interrogação”, quando terminava um questionamento a um colega de bancada.

Em 2003 deixou a emissora sediada na avenida Paulista e se transferiu para a RedeV!, posteriormente foi para a Bandeirantes. Sua última emissora foi o canal esportivo por assinatura do Grupo Globo. Desde 2012 tinha um blog no portal UOL.

O último texto

O último texto de Avallone em seu blog por postado na madrugada desta segunda-feira (25), onde um dos assuntos era o time do qual era torcedor. No texto ele defendia, que assim como os goleiros de cada time têm um profissional exclusivo para sua preparação, o mesmo “privilégio” deveria ter os artilheiros de cada time.

Leia tudo e assista ao vídeo