O Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1 parece estar perto de mudar de endereço. A corrida brasileira da principal categoria do automobilismo mundial pode deixar São Paulo e voltar a ser disputada no Rio de Janeiro. O prefeito carioca, Marcelo Crivella, pretende anunciar a mudança ainda antes do Carnaval. O curioso é que hoje a capital fluminense tem um Autódromo. A expectativa é que seja construído um no bairro de Deodoro, na zona oeste da cidade.

Publicidade
Publicidade

Segundo publicou o jornalista Maurício Lima, em sua coluna Radar, da revista ‘Veja’, Crivella deve fazer o anuncio oficial logo depois do resultado da concorrência para a construção do novo autódromo no Rio de Janeiro. A data marcada para a concorrência do edital para a construção, em parceria público-privada, para a implementação, operação e manutenção do autódromo será no dia 21 de fevereiro, próxima quinta-feira.

Publicidade

Rio de Janeiro já sediou corridas da F1

Se a mudança realmente acontecer, o Rio de Janeiro voltará a sediar uma corrida da F1 após longos anos. A cidade foi sede da corrida em 1978 e depois voltou a receber a competição entre os anos de 1981 e 1989. Em 1990 a corrida voltou a ser disputada no circuito de Interlagos, em São Paulo, onde é realizada até hoje. A corrida de 2019 está confirmada para a capital paulista. A prova está marcada pela FIA para acontecer no dia 17 de novembro. Ainda não há uma data especulada para a mudança para o Rio de Janeiro.

Crivella já foi desmentido sobre corrida da Indy no Rio

No dia 7 de novembro, Marcelo Crivella divulgou nas redes sociais da prefeitura do Rio que havia chegado a um acordo para que fosse realizada na cidade provas da Fórmula Indy. O prefeito chegou a dizer que a corrida seria disputada em um circuito de rua que passaria pelo sambódromo. Acontece que apenas dois dias depois, diretores da categoria norte-americana vieram a público para desmentir tal informação.

Segundo eles, há apenas negociações iniciais para a realização da corrida em solo carioca, mas que para fechar um acordo há ainda um longo caminho a ser percorrido pela prefeitura.

Representantes da categoria foram categóricos ao dizer que naquele momento não havia qualquer intenção de retornar em 2020 a realizar uma prova no Rio de Janeiro e que a informação dada pelo prefeito não é verdadeira. Após isso, Marcelo Crivella não voltou a tocar no assunto e até hoje não se tem mais informações sobre uma corrida da Indy na cidade carioca.

Publicidade

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo