Brasil e República Tcheca se enfrentam nesta terça-feira (26), às 16h45 (horário de Brasília), no Estádio Eden Arena, em Praga, em partida amistosa. A Seleção Brasileira chega para este confronto cercada por desconfianças depois de apenas empatar com o Panamá, no sábado, em 1 a 1, em Portugal.

Transmissão do jogo ao vivo

Os torcedores do Brasil poderão acompanhar a partida da seleção brasileira ao vivo na TV aberta, TV fechada ou internet. Entre os canais abertos, a transmissão é feita com exclusividade pela Globo.

Publicidade
Publicidade

A narração será feita por Galvão Bueno. Os comentários ficarão a cargo de Walter Casagrande e Júnior.

Na TV fechada, o SporTV transmite Brasil x República Tcheca ao vivo. Gustavo Villani narra o confronto e os comentários serão feitos por Muricy Ramalho e Caio Ribeiro. Os aplicativo Globo Play e SporTV Play também exibem a partida. A outra opção de transmissão é o Globoesporte.com.

Prováveis escalações

O empate diante do Panamá foi decepcionante e jogadores e comissão técnica foram criticados depois do confronto.

Para o jogo desta terça, mas difícil do que o de sábado, Tite realiza seis mudanças na equipe.

Tite mudou toda a defesa (goleiro, laterais e zagueiro). Para o confronto dessa terça, Alisson será o titular do gol. Na zaga, volta Thiago Silva e Marquinhos. Nas laterais, Danilo atua na direita e Alex Sandro joga na esquerda.

No meio-campo, Casemiro segue como volante à frente da zaga. A sexta mudança de Tite será a saída de Arthur para a entrada de Allan.

Publicidade

Phillippe Coutinho, que teve atuação apagada contra o Panamá, segue no time titular.

Mais à frente, Lucas Paquetá foi elogiado pela atuação de sábado e permanece na equipe titular. Richarlison joga aberto pela direita do ataque. O jogador também foi bem diante do Panamá e tem três gols pela seleção brasileira no período pré-Copa, mesma quantidade de Neymar. O único centroavante será Roberto Firmino.

O jogo contra a República Tcheca será o último antes da convocação para a Copa América.

O torneio será disputado no Brasil e, mesmo que se diga o contrário, a seleção brasileira será pressionada para vencer a competição.

O Brasil está no grupo A da Copa América. A estreia será diante da Bolívia, no dia 14 de junho, no Morumbi, em São Paulo. Em seguida, enfrenta a Venezuela, no dia 18, na Arena Fonte Nova, em Salvador. Termina a participação na primeira contra o Peru no dia 22, na Arena Corinthians, em São Paulo.

Leia tudo