Depois de confirmada a morte de Charlie Whinting, por embolia pulmonar nesta quarta-feira (13), a Federação Internacional do Automóvel (FIA) anunciou Michael Masi como diretor de corrida do Grande Prêmio da Austrália. O cargo que até então era ocupado por Charlie, agora passa oficialmente a Masi, que já neste final de semana terá que exercer sua função durante a abertura da temporada 2019 da Fórmula 1.

Publicidade
Publicidade

O novo cargo foi conquistado por próprio mérito de Michael, que na FIA já ocupou diversos cargos ao decorrer do ano passado. No entanto, a responsabilidade de Masi aumenta tendo em vista que também será o delegado de segurança no Grande Prêmio da Austrália. Michael Masi é considerado também um oficial sênior do automobilismo.

A competição automobilista que ocorrerá neste domingo (17), será pela primeira vez comandada por um novo diretor, desde 1997, quando Charlie Whinting assumiu oficialmente o cargo.

FIA anuncia novo diretor de prova, Michael Masi (Foto: Acervo/ BlastingNews)
FIA anuncia novo diretor de prova, Michael Masi (Foto: Acervo/ BlastingNews)

Com a morte de Whinting, o cargo de diretor era pra ser passado a Laurent Mekies, que durante anos assumiu a vice-presidência, no entanto, Mekies abandonou seu cargo na última temporada para se juntar à Ferrari.

Diretor da Fórmula 1 morre aos 66 anos, na semana do Grande Prêmio

O diretor de provas Charlie Whinting, de 66 anos, foi encontrado morto dentro de seu quarto de hotel em Melbourne, na Austrália, no primeiro dia de atividades do GP deste ano.

Publicidade

Segundo informações, Whinting morreu em decorrência de uma embolia pulmonar. Charlie estava junto com a FIA desde 1988, iniciando como delegado técnico e depois se tornando diretor.

Para transmitir a notícia, Jean Todt, presidente da FIA, disse que Charlie foi um grande diretor de provas e uma figura central na Fórmula 1. Jean terminou dizendo que a F1 perdeu um fiel amigo, além de um embaixador carismático.

O diretor da FOM, Ross Brawn também se pronunciou sobre a morte do diretor.

Ele disse que conhecia Charlie há muitos anos e inclusive que já trabalharam juntos como mecânicos. Ross terminou dizendo estar arrasado com a triste notícia e afirmou que não só ele, mas toda a Fórmula 1, sofrerá com a perda do grande diretor de provas.

Fórmula 1

O Grande Prêmio da Austrália de Fórmula 1 será a etapa de abertura da temporada 2019. Ele ocorrerá durante todo o fim de semana (14, 15, 16 e 17 de março) no circuito Albert Park, em Melbourne.

Publicidade

Nesta quinta-feira (14), terão início os treinos livres e às 22h (horário de Brasília) está marcado para acontecer o TL1. Às 2h da madrugada de sexta-feira (15), se iniciará então o TL2. Na madrugada de sábado (16), acontecerá, à 0h, o TL3.

Leia tudo