Depois do seu retorno comemorado pela torcida do Corinthians, o atacante Vágner Love sabe que precisa melhorar tanto em gols quanto em desempenho, que vem bem abaixo do seu normal, assim como o time.

Contando suas duas passagens pelo Parque São Jorge, Love disputou 11 partidas contra os principais rivais do Corinthians e marcou apenas um gol, justamente contra o Palmeiras, seu ex-clube, na incrível partida em que ficou 3 a 3, pelo Campeonato Brasileiro de 2015, ano em que o Corinthians, comandado por Tite, foi hexacampeão.

Publicidade
Publicidade

Apesar de ter sido decisivo nos principais confrontos de mata-mata, como ocorreu contra o Racing, no estádio El Cilindro, pela Copa Sul-americana, onde o clube conseguiu sua classificação heroica fora de casa, e na primeira partida da terceira fase da Copa do Brasil, quando ele marcou na vitória por 3 a 1 diante do Ceará, Love afirma que não está jogando em sua posição de origem.

Para ele, por ter 18 anos como jogador profissional e ser um dos mais experientes do atual elenco do Corinthians, com 34 anos, a pressão por marcar gols não existe.

Publicidade

“É claro que o torcedor exige que estamos prontos para balançar as redes adversárias, porém, tem que cumprir minha função tática”, explica.

O detalhe que afasta as possibilidades de Love atuar na sua posição de origem é a concorrência que vem enfrentando neste começo de ano, principalmente com Gustagol, que também tem sido decisivo nos principais jogos do clube nesta temporada. "Tenho que melhorar esse retrospecto aí. Fazer mais uns golzinhos, se Deus quiser", disse o atacante ao GloboEsporte.com.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Futebol Corinthians

Jogo duro para o Timão nesta segunda

O próximo compromisso do Corinthians é contra o Santos pela partida de volta das semifinais do Campeonato Paulista 2019. O jogo será nesta segunda-feira (8), às 20h, no estádio do Pacaembu. No primeiro confronto, o alvinegro paulista venceu por 2 a 1, com gols de Clayson e Manoel, enquanto o praiano descontou com Derlis Gonzalez.

O Corinthians poderá chegar a mais uma final, enfrentando o São Paulo, que eliminou o Palmeiras, tendo a chance de comemorar seu 30º título estadual.

O clube é detentor do maior número de conquistas do estado de São Paulo.

Para essa partida, o técnico Fábio Carille terá a volta do zagueiro Manoel, que não jogou no meio de semana contra o Ceará, pela Copa do Brasil, por ter deslocado o ombro justamente na vitória diante do Santos na semana passada. Com isso, Marllon volta a ser opção para o banco de reservas. Outra mudança feita por Carille pode ser na frente, sacando Vagner Love para a entrada de Pedrinho.

Publicidade

A provável escalação do Corinthians contra o Santos no jogo de segunda-feira, às 20 horas, será: Cássio, Fágner, Manoel, Henrique e Danilo Avelar, Ralf, Júnior Urso e Sornoza, Vagner Love (ou Pedrinho), Clayson e Gustagol.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo