Na semana passada, o governador do Estado do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, através de vídeo, confirmou Flamengo e Fluminense como os novos responsáveis pela gestão do Maracanã, no entanto, pelo fato de o Tricolor não ter as Certidões Negativas de Débito, somente o Rubro-Negro assinará o contrato que garantirá a administração do estádio.

A parceria entre os clubes, porém, está assegurada. A princípio, o Flu entrará como interveniente, ou seja, um permissionário do documento, o que, na prática, representa a manutenção do acordo inicial.

Publicidade
Publicidade

Dentro dessa linha, o Fla, em reunião do Conselho deliberativo nesta quarta-feira, vota o contrato de administração provisória do Maracanã. Posteriormente, também colocará em análise a parceria com a agremiação das Laranjeiras.

Pelo uso do Maracanã, Flamengo e Fluminense arcarão com o custo fixo de R$ 2 milhões por mês, além do pagamento de, aproximadamente, R$ 160 mil mensais ao Governo do Rio. Em contrapartida, as equipes terão as receitas da exploração do estádio, incluindo bares, tour e demais pontos.

Maracanã será gerido por dupla Fla-Flu (Arquivo Blasting News)
Maracanã será gerido por dupla Fla-Flu (Arquivo Blasting News)

A cessão do Maracanã para rubro-negros e tricolores revoltou a outro grande clube do Rio de Janeiro. Segundo Alexandre Campello, presidente do Vasco, essa associação é muito estranha e irá contestá-la na Justiça. O dirigente cruzmaltino também assegurou que, a partir de agora, o clube de São Januário jamais mandará suas partidas no estádio onde foram disputadas as finais da Copa do Mundo de 2014 e dos torneios de futebol (masculino e feminino) das Olimpíadas de 2016

No Maracanã, Flamengo e Fluminense têm desafios fundamentais

Antes de assumirem a gestão do Maracanã, Flamengo e Fluminense vão ao estádio para compromissos fundamentais, visando o restante de suas temporadas.

Publicidade

O primeiro a entrar em campo é o Tricolor. Nesta quarta, às 19h15 (de Brasília), os comandados do técnico Fernando Diniz enfrentam a Luverdense no confronto de volta da terceira fase da Copa do Brasil. Após cumprir suspensão no último sábado no Campeonato Carioca, Paulo Henrique Ganso retorna normalmente ao time.

Com o 0 a 0 na ida, em Lucas do Rio Verde, interior do Mato Grosso, o Fluminense necessita vencer para avançar na Copa do Brasil. Novo empate, independente do placar, leva a decisão da vaga para os pênaltis.

Na quinta, a partir das 21h (de Brasília), o Flamengo encara, pela rodada de abertura do segundo turno da fase de grupos da Taça Libertadores da América, o San José, da Bolívia. Somando seis pontos, o Rubro-Negro, que, no torneio continental, vem de uma derrota, em casa, para o Peñarol por 1 a 0, ocupa, no momento, o segundo lugar de sua chave e, caso obtenha uma vitória, fica muito perto de garantir presença na segunda fase da competição.

Leia tudo e assista ao vídeo