Na semana passada, o governador do Estado do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, através de vídeo, confirmou Flamengo e Fluminense como os novos responsáveis pela gestão do Maracanã, no entanto, pelo fato de o Tricolor não ter as Certidões Negativas de Débito, somente o Rubro-Negro assinará o contrato que garantirá a administração do estádio.

A parceria entre os clubes, porém, está assegurada. A princípio, o Flu entrará como interveniente, ou seja, um permissionário do documento, o que, na prática, representa a manutenção do acordo inicial.

Publicidade
Publicidade

Dentro dessa linha, o Fla, em reunião do Conselho deliberativo nesta quarta-feira, vota o contrato de administração provisória do Maracanã. Posteriormente, também colocará em análise a parceria com a agremiação das Laranjeiras.

Pelo uso do Maracanã, Flamengo e Fluminense arcarão com o custo fixo de R$ 2 milhões por mês, além do pagamento de, aproximadamente, R$ 160 mil mensais ao Governo do Rio. Em contrapartida, as equipes terão as receitas da exploração do estádio, incluindo bares, tour e demais pontos.

Publicidade

A cessão do Maracanã para rubro-negros e tricolores revoltou a outro grande clube do Rio de Janeiro. Segundo Alexandre Campello, presidente do Vasco, essa associação é muito estranha e irá contestá-la na Justiça. O dirigente cruzmaltino também assegurou que, a partir de agora, o clube de São Januário jamais mandará suas partidas no estádio onde foram disputadas as finais da Copa do Mundo de 2014 e dos torneios de futebol (masculino e feminino) das Olimpíadas de 2016

No Maracanã, Flamengo e Fluminense têm desafios fundamentais

Antes de assumirem a gestão do Maracanã, Flamengo e Fluminense vão ao estádio para compromissos fundamentais, visando o restante de suas temporadas.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Flamengo PaixãoPorFutebol

O primeiro a entrar em campo é o Tricolor. Nesta quarta, às 19h15 (de Brasília), os comandados do técnico Fernando Diniz enfrentam a Luverdense no confronto de volta da terceira fase da Copa do Brasil. Após cumprir suspensão no último sábado no Campeonato Carioca, Paulo Henrique Ganso retorna normalmente ao time.

Com o 0 a 0 na ida, em Lucas do Rio Verde, interior do Mato Grosso, o Fluminense necessita vencer para avançar na Copa do Brasil.

Novo empate, independente do placar, leva a decisão da vaga para os pênaltis.

Na quinta, a partir das 21h (de Brasília), o Flamengo encara, pela rodada de abertura do segundo turno da fase de grupos da Taça Libertadores da América, o San José, da Bolívia. Somando seis pontos, o Rubro-Negro, que, no torneio continental, vem de uma derrota, em casa, para o Peñarol por 1 a 0, ocupa, no momento, o segundo lugar de sua chave e, caso obtenha uma vitória, fica muito perto de garantir presença na segunda fase da competição.

Publicidade

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo