O Milan desperdiçou nesta terça-feira (2) uma grande oportunidade de assumir –mesmo que de forma provisória– a terceira colocação do Campeonato Italiano, ao ficar no 1 a 1 com a ameaçada Udinese em jogo válido pela 30ª rodada, disputado no San Siro. Pior que o tropeço, o time ainda viu dois de seus principais jogadores saírem de campos machucados.

Um deles foi o brasileiro Lucas Paquetá, que durante a partida lesionou o tornozelo e teve que deixar o estádio de muletas e virou dúvida para o jogo diante da Juventus, no próximo final de semana.

Publicidade
Publicidade

"Paquetá sofreu uma torção feia, estou preocupado", disse o treinador Gennaro Gattuso, visivelmente apreensivo com a situação do brasileiro. “É difícil que ele jogue contra a Juve”, completou.

Nesta quarta-feira (3), de acordo com informação passada pelo staff do jogador, Paquetá passará por uma ressonância para saber a gravidade de sua lesão e se, de fato, estará vetado para o jogo de sábado contra a líder do campeonato.

Publicidade

Outro importante desfalque que o time de Milão poderá ter o goleiro Donnarumma, outro que saiu do jogo machucado e também passará por exames nesta quarta.

Com o empate, o Milan chegou aos 52 pontos, perdendo a chance de ultrapassar a Internazionale, que tem 53 e que nesta quarta visita o Genoa. Já a Udinese segue próxima da zona do rebaixamento, tendo agora 29 pontos, quatro a mais que o Empoli, que abre a zona do descenso.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Futebol PaixãoPorFutebol

Juve com a mão na taça

Restando oito jogos para encerrar sua participação, a Juventus ficou muito perto de conquistar mais um título do Campeonato Italiano ao derrotar, fora de casa, o Cagliari pelo placar de 2 a 0. Com o triunfo, a Velha Senhora chegou aos 81 pontos em 30 jogos, voltando a abrir 18 de vantagem para o Napoli, segundo colocado e que nesta quarta pega o Empoli, fora de casa. O Cagliari, por sua vez, ocupa uma cômoda 12ª colocação, com 33 pontos.

O primeiro gol da equipe de Turim saiu aos 21 minutos do primeiro tempo, quando após cobrança de escanteio de Bernardeschi, Bonucci que subiu sozinho no meio da defesa do Cagliari para abrir o placar. O placar foi completado aos 39 minutos da etapa complementar com um gol anotado pelo garoto Ken. Ele recebeu cruzamento de Emre Can e só teve o trabalho de completar para as redes.

Infelizmente após o gol o jogador foi alvo de manifestações racistas por parte da torcida adversária.

Publicidade

Após o reinício do jogo, os torcedores do Cagliari passaram a vaiar o jogador toda vez que ele tocava na bola.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo